Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Sakkari atropela Kenin e aumenta a festa grega
07/06/2021 às 12h22

Sakkari atinge melhor resultado num Grand Slam e continua a evoluir no circuito feminino

Foto: FFT

Paris (França) - O tênis grego garantiu pela primeira vez em sua história dois jogadores nas quartas de final de um mesmo Grand Slam. Depois de Stefanos Tsitsipas, a versátil Maria Sakkari atingiu campanha inédita na carreira com vitória inquestionável sobre a norte-americana Sofia Kenin, finalista do ano passado em Paris, com parciais de 6/1 e 6/3.

Perto de completar 26 anos, Sakkari deu grande salto técnico desde a última temporada e neste ano já fez semifinais em Miami, no 500 de Melbourne e em Abu Dhabi. Esta foi sua terceira vitória sobre uma top 5 ao longo de 2021 e a sétima na carreira.

Sua próxima adversária sairá do duelo da rodada noturna local entre a polonesa e atual campeã Iga Swiatek e a ucraniana Marta Kostyuk. A número 18 do ranking nunca enfrentou qualquer uma delas.

Segunda vitória seguida
Sakkari já havia vencido Kenin no começo da temporada em Abu Dhabi, vingando-se das duas derrotas anteriores da norte-americana, que aconteceram em 2018 em Wimbledon e no US Open. Kenin precisou operar o apêndice logo depois da Austrália e só retornou em Charleston, tendo dificuldade para achar novamente o ritmo e assim perdido nessa estreia e também na rodada inicial de Stuttgart e Roma.

A grega, que havia superado um jogo duro nas oitavas contra Elise Mertens, usou seu estilo variado e se valeu de um dia pouco inspirado de Kenin para chegar a 4/0. A cabeça 4 tentou reagir e obteve uma quebra, mas não embalou e perdeu os dois games seguintes com um amontado de 12 erros e apenas 6 winners diante de uma Sakkari bem mais consistente: 5 falhas e 10 bolas vencedoras.

O primeiro saque de Kenin caiu ainda mais no segundo set. Dos 47%, beirou 33% de acerto e com isso dava oportunidade para a grega tomar a iniciativa dos pontos. A própria Sakkari também não sacou tão bem, com 42% de eficiência na metade do segundo set, mas fazia bem mais e assim abriu novamente 5/1, tendo sacado para a vitória em seguida. Os nervos atrapalharam e Kenin mostrou o conhecimento espírito de luta e encostou, mas não foi o bastante.

Comentários