Notícias | Dia a dia
Pucinelli vence mais uma e joga quinta final do ano
05/06/2021 às 15h59

Pucinelli está com o melhor ranking da carreira e ainda nem recebeu os 20 pontos do último título

Foto: Arquivo

Sarajevo (Bósnia e Herzegovina) - A ótima temporada de Matheus Pucinelli ganhou mais um capítulo neste sábado, quando o jovem paulista de 20 anos garantiu vaga em sua quinta final de future em 2021. Pucinelli avançou no ITF M15 de Sarajevo, disputado em quadras de saibro na Bósnia, depois de vencer o húngaro Gergely Madarasz por 7/5 e 6/0.

Pucinelli está com o melhor ranking da carreira, ocupando atualmente o 508º lugar do ranking e ele nem recebeu os 20 pontos pela conquista do ITF M25 de Kiseljak, também na Bósnia, na semana passada. O paulista já acumula nove vitórias seguidas no circuito e venceu 45 jogos no ano, somando chaves principais e qualificatórios. Ele também venceu os ITFs M15 de Antalya (Turquia) e Cairo (Egito), além de ter outra final na cidade turca.

Havia a possibilidade de uma final brasileira em Sarajevo, mas o pernambucano João Lucas Reis foi eliminado na semifinal. O pernambucano de 21 anos 562º do ranking foi superado pelo argentino Hernan Casanova, cabeça 2 do evento e 389º colocado, com parciais de 6/7 (2-7), 6/3 e 6/1. Reis tentava alcançar sua sexta final da carreira e a primeira na temporada. Ele já tem três títulos no circuito.

Nas duplas, Reis e o brasiliense Gilbert Klier Júnior ficaram com o vice-campeonato. Eles foram superados na final pelos croatas Domagoj Biljesko e Frane Nincevic por 6/2, 3/6 e 10-4.

Marcondes campeão de duplas
Outro brasileiro a vencer um torneio profissional neste sábado foi o paulista Igor Marcondes, campeão de duplas no ITF M25 de Santo Domingo, na República Dominicana. Marcondes, de 23 anos, superou uma rodada dupla ao lado do equatoriano Diego Hidalgo para conquistar seu 14º título profissional de duplas no circuito e o segundo na temporada.

Marcondes e Hidalgo começaram o dia vencendo a semifinal contra o japonês Shintaro Imai e do norte-americano Evan Zhu por 7/6 (7-5), 1/6 e 12-10. Pouco depois, venceram a final contra os peruanos Conner Huertas del Pino e Jorge Brian Panta por 7/5, 6/7 (10-12) e 10-6.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva