Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Zverev vence em sets diretos e enfrenta Nishikori
04/06/2021 às 11h01

Paris (França) - Depois de sofrer para superar a estreia em Roland Garros, virando uma partida em que perdera os dois primeiros sets, o alemão Alexander Zverev parece ter se encontrado no torneio e já soma mais duas vitórias em sets diretos, a última delas nesta sexta-feira contra o sérvio Laslo Djere, contra quem anotou o placar final de 6/2, 7/5 e 6/2, em 2h09 de confronto.

Classificado para as oitavas de final, Zverev terá pela frente um descansado Kei Nishikori, que ficou apenas 58 minutos em quadra diante do suíço Henri Laaksonen, contando com a desistência do rival logo após vencer o primeiro set por 7/5. Será o sexto embate entre o germânico e o nipônico, com vantagem de 4 a 1 para o primeiro (2 a 1 no saibro).

Atual número 6 do mundo, Zverev chega às oitavas de final pelo quarto ano consecutivo em Roland Garros, mas tenta emplacar pela primeira vez uma campanha ainda mais aguda no torneio. O alemão só passou uma vez desta fase, em 2019, quando bateu o italiano Fabio Fognini para perder nas quartas para o sérvio Novak Djokovic.

Do outro lado, o japonês tem um histórico um pouco mais recheado que o do rival no saibro de Paris, embora também nunca tenha passado das quartas, fase em que chegou três vezes, a última delas em 2019, superado pelo espanhol Rafael Nadal. Ele também perdeu nesta rodada em 2017, para o britânico Andy Murray, e em 2015, para o francês Jo-Wilfried Tsonga.

Em dia de chuva na capital francesa, o jogo começou com o teto da quadra Philippe Chatrier aberto, mas ainda no primeiro set, sem que houvesse interrupção, a cobertura foi fechada e assim prosseguiu até o fim. Zverev foi firme no começo e conseguiu uma confortável vantagem de 4/0, com duas quebras de frente, algo que manteve até o final.

No começo do segundo set foi a vez de Djere dar um susto no alemão e fazer 3/0. Ele perdeu o saque no quinto game, mas se manteve na frente ao quebrar de novo no sexto. Só que ao sacar para fechar, o sérvio desperdiçou triplo set-point e viu Zverev fazer sua reação na reta final, transformando 2/5 em 7/5 com dois breaks seguidos.

O embalo do alemão seguiu na largada da terceira parcial e ele chegou a faturar sete games seguidos, abrindo 2/0 no que seria o último set da partida. Zverev ainda ampliou a vantagem com mais uma quebra no quinto game e depois precisou apenas administrar o confortável placar para sacramentar mais uma boa vitória na competição.

Comentários