Notícias | Dia a dia
Meligeni vai à semi em Biella e terá melhor ranking
04/06/2021 às 10h46

Biella (Itália) - Depois de contusão que o atrapalhou por algumas semanas, o paulista Felipe Meligeni Alves recuperou seu bom momento. Em sua terceira grande atuação da semana no challenger de Biella, ele avançou para as semifinais nesta sexta-feira ao derrotar com autoridade o argentino Renzo Olivo, com parciais de 6/3 e 6/4. Seu adversário sai do duelo entre o argentino Marco Trungeliti, 237º do mundo, e Jacopo Berrettini, 532º e irmão do top 10 Matteo.

Meligeni irá alcançar assim o mais alto ranking de sua carreira na lista a ser divulgada depois de Roland Garros, quando então serão somadas as campanhas do qualificatório de Paris, onde ele foi até a rodada final, e também os pontos de Biella. Por enquanto, ele sai do 236º posto e já avança para o 218º. A entrada no top 200 só será possível caso ele conquiste o título no saibro italiano.

Esta é a segunda semifinal de Meligeni na temporada. A anterior foi no saibro de Santiago, justamente quando se contundiu e abandonou no começo do segundo set diante do local Marcelo Barrios. Ficou seis semanas afastado e aí teve poucas vitórias, incluindo duas participações em torneios na mesma cidade de Biella.

Em duplas, o sobrinho de Fernando Meligeni fez ótimas campanhas, com o título no ATP 250 de Córdoba e duas finais de challenger, sempre ao lado de Rafael Matos, o que levou o gaúcho ao top 100 e deixou Felipe muito próximo (é o 103º no momento).

Na partida desta sexta-feira, o brasileiro precisou de paciência nas longas trocas com Olivo, a quem nunca havia enfrentado. O número 208 do ranking hoje é um ex-top 80. Houve muita instabilidade nos games de serviço dos dois jogadores, mas Felipe conseguiu aproveitar duas chances de quebra e evitar dois break-points em games diferentes que lhe garantiram a vantagem.

Os dois voltaram a trocar quebras na abertura do segundo set, Meligeni obteve importante vantagem no quinto game, com devoluções profundas, e precisou lugar muito para evitar empate quando sacou com 4/3, tendo evitado quatro break-points. Olivo reclamou de marcações do juiz, mas não conseguiu tirar Meligeni do foco. Com firmeza, Felipe liquidou a partida numa longa troca de bolas, após 1h34.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio