Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Duplista russa é presa por corrupção em partida de RG
04/06/2021 às 08h38

Paris (França) - Segundo relatos do jornal francês Le Parisien, a tenista russa de 26 anos Yana Sizikova foi presa ontem à noite quando saía de sua sessão de massagem após o final de sua partida de primeira rodada de duplas femininas com a compatriota Ekaterina Alexandrova, sendo derrotadas pelas australianas Ajla Tomljanovic e Storm Sanders por duplo 6/1.

Atual 101ª no mundo nas duplas, ela está no centro de uma investigação aberta em outubro passado pelo promotor de Paris por fraude entre grupos organizados e por corrupção ativa e passiva no esporte. Uma partida de duplas femininas na primeira rodada do ano passado seria a responsável pela detenção de Sizikova pela polícia francesa.

As suspeitas referem-se ao quinto game do segundo set no duelo de Sizikova e a norte-americana Madison Brengle contra as romenas Andreea Mitu e Patricia Maria Tig. Várias dezenas de milhares de euros foram apostadas com diversos operadores e em vários países na vitória deste game pelas romenas.

Sizikova não tem carreira de grande brilho no circuito. Atualmente é apenas a 765ª em simples e teve sua melhor colocação em 2016, quando foi a 336ª. Ela está presente principalmente no circuito de duplas, onde conquistou o único título de sua carreira em 2019 em Lausanne com a compatriota Anastasia Potapova. A premiação cumulada pela russa é de pouco mais de US$ 200 mil.

Comentários