Notícias | Dia a dia
Promotor Juliano Tavares falece em São Paulo
02/06/2021 às 10h19

São Paulo (SP) - Um dos mais ativos e criativos promotores do tênis profissional brasileiro, Juliano Tavares faleceu na madrugada desta quarta-feira em São Paulo. Ele completaria 79 anos em dezembro.

Ele estava internado na Santa Casa da cidade há uma semana devido a problemas renais e sofreu infarto na madrugada. O velório será na quinta-feira na capela do Cemitério da Consolação e enterro a seguir, às 11 horas.

Juliano e seu irmão Luis Felipe criaram a Koch Tavares ainda na década de 1970 e a promotora foi responsável por dezenas de grandes eventos do tênis brasileiro, principalmente o então Grand Prix de Itaparica. A empresa chegou a ter três Grand Prix (hoje ATP) numa mesma temporada.

Após desentendimentos, os irmãos se separaram e Juliano criou sua própria promotora, primeiro a Tavaric e depois a Maricic. Com a primeira, realizou evento histórico em plena Esplanada dos Ministérios em Brasília.

Com a outra, criou o Aberto de São Paulo em 2001, um challenger de grande repercussão, realizado no Parque Villa-Lobos e que chegou a ter 4 mil espectadores com entrada livre. No mesmo local, passou a funcionar o projeto Bola Dentro para crianças carentes.

Com problemas financeiros, que levaram a promotora a não pagar a premiação dos tenistas do Aberto paulistano de 2014, a empresa foi impedida pela ATP de realizar novos eventos e com isso Juliano saiu de cena, embora sempre revelasse projetos para reeditar o Aberto de São Paulo ou realizar um torneio em Brasília em 2022 para festejar os 200 anos da República.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva