Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Soares e Murray têm trabalho, mas seguem vivos
01/06/2021 às 15h32

Paris (França) - Não foi fácil a estreia do mineiro Bruno Soares e do britânico Jamie Murray na chave de duplas de Roland Garros. Os dois tiveram um jogo equilibradíssimo com os britânicos Luke Bambridge e Dominic Inglot, precisando de três sets e dois tiebreaks para passar pela primeira rodada, selando a vitória com parciais de 7/6 (5-7), 6/7 (7-4) e 6/3.

Os próximos adversários da parceria mineiro-britânica, cabeça de chave número 7, ainda não foram definidos e podemos ter um duelo de brasileiros pela frente. Para que isso aconteça, o gaúcho Marcelo Demoliner e o mexicano Santiago Gonzalez terão que superar o austríaco Olivier Marach e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi na estreia.

A partida foi bastante equilibrada e definida nos detalhes. Inglot e Bambridge foram os primeiros a quebrar e tiveram 3/2 e saque, mas perderam dois serviços seguidos e viram Soares e Murray virar, sacando para o set em 5/3. Os britânicos anotaram novo break e depois de salvar um set-point com o serviço no 12º game, foram superados no tiebreak

Soares e Murray abriram a segunda parcial marcando 2/0, mas os rivais britânicos reagiram, devolveram o break no quarto game e chegaram a ter dois set-points no nono, quando devolviam em 5/4. A parceria mineiro-britânica se salvou e novamente levou a definição para o desempate, em que desta vez levaram a pior e viram a partida ir para o terceiro set.

Depois de dois sets seguidos definidos no tiebreak, o terceiro enfim terminou antes, mas novamente foi bastante igual e apenas uma quebra decidiu a dupla vencedora. Bruno e Jamie salvaram um break-point logo no primeiro game e no sexto conseguiram a vantagem mínima que acabou os levando para a segunda rodada no saibro parisiense.

Comentários