Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Nadal começa bem a busca pelo 14º título em Paris
01/06/2021 às 13h46

Paris (França) - Começou com um passo firme a busca do espanhol Rafael Nadal pelo 14º título de Roland Garros. Abrindo sua campanha no torneio nesta terça-feira contra o australiano Alexei Popyrin, ele não encarou grandes dificuldades e conseguiu triunfar em sets diretos, gastando 2h25 para selar a vitória com o placar final de 6/3, 6/2 e 7/6 (7-3). Na segunda rodada seu adversário será o francês Richard Gasquet, que bateu o compatriota Hugo Gaston com 6/1, 6/4 e 6/2.

Nadal não apenas tenta ampliar seu recorde absoluto no saibro parisiense, mas também pode se tornar o tenista com mais títulos de Grand Slam entre os homens, chegando ao 21º troféu e assim deixando para trás o suíço Roger Federer. Ele ficaria atrás apenas de Margaret Court (24), Serena Williams (23) e Steffi Graf (22).

Atual 63 do mundo, Popyrin não conseguiu impor grande resistência ao espanhol, que não perde no saibro para um rival de ranking tão baixo desde a derrota sofrida na final de Viña del Mar em 2013, quando foi superado pelo argentino Horacio Zeballos, então 73º da ATP. O australiano até fez alguns pontos bastante disputados contra Nadal, mas no geral pouco ameaçou o canhoto de Mallorca.

Popyrin conseguiu aguentar bem o início de partida e confirmou sem dificuldades seus três primeiros games de serviço. Só que no primeiro break-point de toda a partida, no oitavo game, o australiano acabou perdendo o saque e viu Nadal então abrir 5/3 para confirmar na sequência e largar na frente no marcador.

O primeiro set perdido pelo australiano pesou e ele largou muito mal no segundo, perdendo os quatro primeiros games. Após abrir confortável vantagem, o espanhol apenas administrou o placar até o fim para fazer 2 a 0 e se aproximar ainda mais da segunda vitória em dois confrontos com Popyrin, repetindo o feito das oitavas de Madri neste ano.

Na terceira parcial, o australiano aproveitou a situação bastante adversa para se soltar em quadra. Isso trouxe complicações para Nadal, que salvou um break-point no quarto game e perdeu o saque no sexto. Popyrin se manteve à frente até sacar em 5/4, quando cometeu erros cruciais, desperdiçou dois set-points e foi quebrado.

Depois de perder a chance de tirar um set do 13 vezes campeão de Roland Garros, Popyrin lutou para não perder o saque no 11º game e conseguiu levar a decisão para o tiebreak. Nadal fez valer então toda sua experiência, principalmente quando está em ação no Slam francês, e passou fácil pelo australiano no desempate, garantindo sua 101ª vitória no torneio e a 460ª no saibro.

Comentários