Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Posso conquistar coisas grandes', garante Medvedev
31/05/2021 às 20h15

Vitória na estreia de Roland Garros trouxe muita confiança para o russo

Foto: ATP

Paris (França) - Vice-líder do ranking mundial, Daniil Medvedev comemorou nesta segunda-feira uma inédita vitória em Roland Garros. Até então, o russo de 25 anos havia disputado o Grand Slam francês quatro vezes, sem nunca conseguir passar pela rodada de estreia. Ele saiu de quadra da partida contra o cazaque Alexander Bublik satisfeito com seu nível de tênis e dizendo que ainda pode melhorar, além de estar disposto a lutar por títulos importantes.

"É uma sensação ótima. Mas o mais importante é o nível do tênis", disse Medvedev depois de vencer Bublik por 6/3, 6/3 e 7/5 nesta segunda-feira. "Meu oponente pôde ver que estou me sentindo muito bem. Consegui jogar de forma consistente hoje. E na verdade, estou jogando ainda melhor nos treinos do que hoje. Então só posso ser ainda melhor nas próximas rodadas. Como eu disse, estou muito feliz em primeiro lugar com a vitória e depois com meu nível de jogo".

"Estou muito esperançoso. Dá para ver na partida de hoje como estou me sentindo aqui. Acredito que, pelo menos este ano, com esse clima e essas bolas, posso jogar como na quadra dura. Não parece tão diferente do Australian Open para mim", comenta o russo, que foi finalista do primeiro Grand Slam da temporada, superado apenas pelo número 1 do mundo Novak Djokvoic.

"Quando venho para esses grandes torneios me sentindo assim, sei que sou capaz de fazer grandes coisas. Na Austrália, eu cheguei à final. Se eu perder aqui em Roland Garros, provavelmente será porque meu oponente vai jogar muito bem. Como eu disse, me sinto muito confiante, me movo bem, deslizo bem na quadra. Estou me sentindo ótimo!"

O próximo jogo de Medvedev em Roland Garros será contra o norte-americano Tommy Paul, jogador de 24 anos e 52º do ranking, em confronto inédito no circuito. Paul vem de uma batalha de cinco sets e 3h33 contra o australiano Christopher O'Connell. Ele marcou as parciais de 6/2, 6/4, 4/6, 4/6 e 10/8. O norte-americano também já foi campeão juvenil de Roland Garros em 2015.

Comentários