Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Serena é exigida e supera bom teste na estreia
31/05/2021 às 17h54

Serena salvou dois set-points contra Begu, que tem jogo típico de saibro

Foto: FFT

Paris (França) - Tricampeã de Roland Garros, Serena Williams teve um bom teste em sua partida de estreia no Grand Slam francês. Atuando contra a romena Irina Begu, 74ª do ranking e típica jogadora de saibro, a norte-americana foi bastante exigida e chegou a salvar dois set-points na primeira parcial, mas conseguiu vencer a partida em sets diretos, com parciais de 7/6 (8-6) e 6/2 em 1h44.

A vencedora de 23 títulos de Grand Slam já triunfou em Paris nas temporadas de 2002, 2013 e 2015. Na edição passada, disputada só no final de setembro por conta da pandemia, ela fez apenas um jogo e abandonou antes da segunda rodada por lesão no tendão de Aquiles.

Atual número 8 do mundo, Serena comemora sua décima vitória na temporada e apenas a segunda no saibro. A veterana de 39 anos vinha de eliminações na estreia em Roma e nas oitavas em Parma. Sua próxima adversária será outra romena, a canhota de 33 anos e 174ª colocada Mihaela Buzarnescu, que derrotou a holandesa Arantxa Rus por duplo 7/5.

Serena salvou dois set-points durante a 1ª parcial
Apesar de ter enfrentado games longos em seu serviço no começo da partida, chegando a salvar dois break-points, Serena foi a primeira a quebrar para fazer 3/1 no placar e foi administrando a vantagem até liderar o set inicial por 5/2. Begu, então confirmou o saque de zero, e começou a equilibrar as ações mostrando um jogo firme do fundo de quadra e apostando em algumas variações de altura e peso de bola, induzindo a norte-americana aos erros.

Serena acabou permitindo o empate e teve o serviço novamente quebrado logo depois. Apesar de ter errado algumas devoluções durante a parcial, a ex-número 1 não abriu mão de jogar de maneira agressiva e conseguiu empatar novamente o set e forçar o tiebreak. Não faltou coragem para Serena nos momentos de maior pressão durante o tiebreak, forçando até o segundo saque com set-point contra, e apostou na potência de seus golpes para reverter a desvantagem de 6-4 no tiebreak e vencer quatro pontos seguidos.

Com uma quebra logo na abertura do segundo set, Serena passou a jogar com mais segurança e tranquilidade. A norte-americana não enfrentou nenhum break point e cedeu apenas nove pontos em seus games de serviço. Com uma nova quebra no final do jogo, consolidou a vitória.

Muguruza cai para jovem promessa
Outra campeã de Roland Garros em quadra no complemento da rodada desta segunda-feira foi Garbiñe Muguruza. Vencedora do torneio em 2016, a espanhola foi surpreendida pela jovem ucraniana de 18 anos Marta Kostyuk por 6/1 e 6/4. Foi a primeira vez que Kostyuk, 81ª do ranking, venceu um jogo em Paris, mas ela já tem terceiras rodadas na Austrália e no US Open. Sua próxima rival é a chinesa Saisai Zheng, que derrotou a espanhola Sara Sorribes por 4/6, 6/4 e 6/4.

Apesar de ter um bom histórico em Roland Garros, já que também disputou uma semifinal recentemente em 2019, Muguruza chegou ao torneio deste ano com poucas expectativas. A espanhola de 27 anos e número 13 do ranking sofreu uma recente lesão na perna esquerda, que a fez abandonar uma partida em Charleston e desistir de jogar em Madri. A ex-número 1 só voltou ao circuito há três semanas e não passou das oitavas em Roma.

Comentários