Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Após susto, Zverev vence 7º jogo de 5 sets em Paris
30/05/2021 às 16h13

Paris (França) - Não houve estreia tranquila para Alexander Zverev em Roland Garros. Mesmo diante do número 152 do ranking com apenas duas outras participações em Grand Slam, o cabeça 6 sofreu para ganhar o duelo todo alemão diante de Oscar Otte. Depois de perder os sets iniciais por 6/3 e 6/3, ele enfim se achou e marcou 6/2, 6/2 e 6/0. Seu próximo adversário será outro qualificado, o russo Roman Safiullin.

Esta foi a sétima vez que Zverev foi levado ao quinto set em Roland Garros e ele novamente não perdeu. Seu retrospecto em Grand Slam é positivo, com 15 vitórias em 22 tentativas, e mais ainda o recente, com sete nos últimos oito. A exceção foi a derrota na final do US Open do ano passado, quando chegou a liderar por 2 a 0 em cima de Dominic Thiem.

Zverev tem duas presenças em quartas de final de Roland Garros, em 2018 e 2019, sendo batido nessas ocasições por Thiem e Novak Djokovic. Ele teve seu ponto alto no saibro europeu deste ano nas condições velozes de Madri, onde derrotou Rafael Nadal antes de ficar com o título.

No seu quadrante, o cabeça 25 Daniel Evans foi eliminado pelo sérvio Miomir Kecmanovic, por 1/6, 6/3, 6/3 e 6/4. Mais à frente, o alemão pode cruzar com o espanhol Roberto Bautista ou com o russo Karen Khachanov, que venceram logo no começo da programação sem sustos.

Dificuldade para devolver
No duelo alemão contra Otte, um tenista de 27 anos que só fazia seu quarto jogo de Slam e 12º de nível ATP, Zverev encontrou incrível dificuldade na devolução do bom saque adversário nos dois primeiros sets. Otte optou por mesclar bolas muito ofensivas da base com deixadas inesperadas. Enquanto foi eficiente nisso, conseguiu desestabilizar Sascha, que perdeu dois games de serviço em cada um dos sets.

Quando enfim conseguiu a primeira quebra em cima de Otte, com um lob de grande precisão, Zverev se soltou. Deixou a postura defensiva para tentar definir mais os pontos e encontrou melhores respostas na hora de aplicar passadas diante do adversário. No geral, Zverev encerrou a vitória com 57% de acerto do primeiro saque, com nove aces e sete duplas faltas, e um total de 49 winners e 32 erros.

Comentários