Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Stefani opera de apendicite e não joga Roland Garros
30/05/2021 às 08h54

Stefani passou por cirurgia na última quinta-feira e recebeu alta no sábado

Foto: Internationaux de Strasbourg

Paris (França) - A brasileira Luísa Stefani não poderá disputar a chave de duplas em Roland Garros. A jogadora de 23 anos e atual 25ª colocada no ranking das especialistas na modalidade precisou desistir do torneio depois de sofrer com apendicite e precisou passar por cirurgia. Segundo sua assessoria de imprensa, a operação aconteceu na quinta-feira em Estrasburgo e a tenista recebeu alta no sábado. 

"Infelizmente tive que me retirar de Roland Garros este ano. É bem triste, uma pena. Tive uma surpresa de fazer uma cirurgia de apendicite, que veio do nada, na semana passada em Estrasburgo e não vai dar tempo de me recuperar", disse Stefani, por meio de sua assessoria de imprensa.

"Não tem hora certa para isso acontecer, mas agora é foco total na minha recuperação para estar bem na temporada de grama e ficar saudável", acrescentou a jovem paulista, já projetando seus próximos eventos no circuito. "A saúde é o mais importante e sem isso não dá para fazer nada do que a gente ama. Tenho uma família e amigos incríveis que estão me dando muita força nesse momento e vou seguir firme para voltar logo às quadras".

Carter jogará ao lado de Sharma em Paris

Parceira habitual de Stefani no circuito, a norte-americana Hayley Carter jogará ao lado da australiana Astra Sharma em Roland Garros. Elas estreiam contra a alemã Vivian Heisen e a veterana tcheca Kveta Peschke. Há possibilidade de um duelo na segunda rodada contra as tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, cabeças 2 em Paris e campeãs em 2018, que estreiam contra as convidadas locais Amandine Hesse e Harmony Tan.

Na temporada, Stefani e Carter acumulam 19 vitórias no circuito e disputaram quatro finais, sendo a mais importante delas no WTA 1000 de Miami. Elas ficaram com vice-campeonato, assim como também aconteceu nos WTA 500 de Abu Dhabi e Adelaide, e também no WTA 125 de Saint-Malo, no saibro francês. A parceria aparece na quinta posição da corrida por uma vaga no Finals. Na semana passada, elas jogaram em Estrasburgo e caíram na estreia.

Comentários