Notícias | Dia a dia
Korda conquista em Parma seu 1º ATP aos 20 anos
29/05/2021 às 13h46

Korda só tinha uma vitória no saibro este ano antes da campanha vitoriosa em Parma

Foto: Marta Magni Images

Parma (Itália) - A ótima semana de Sebastian Korda no ATP 250 de Parma chegou ao fim neste sábado com a conquista de seu primeiro título na elite do circuito. O jovem norte-americano de 20 anos e 63º do ranking superou na final o italiano Marco Cecchinato, ex-top 20 e atual 104º colocado, com parciais de 6/2 e 6/4 em apenas 1h15 de partida. Durante a semana em Parma, ele também venceu o cabeça 1 Lorenzo Sonego.

Filho do tcheco Petr Korda, ex-número 2 do mundo e campeão do Australian Open de 1998, o jovem norte-americano agora faz parte de um seleto grupo de parcerias entre pais e filhos campeões de ATP. Isso já havia acontecido com os indianos Ramanathan e Ramesh Krishnan e com os norte-americanos Phil e Taylor Dent.

"Isso é algo com que sempre sonhei", disse Korda em entrevista coletiva após o jogo. "Eu realmente pensei que conseguiria o título em Delray Beach no início deste ano, e fiquei um pouco inconsolável", acrescenta o norte-americano, que havia disputado em janeiro sua primeira final de ATP em Delray Beach e não ficou com o vice-campeonato.

"Hoje enfrentei um adversário muito difícil e joguei com torcida contra. Eles continuaram torcendo por ele, mas estou muito orgulhoso de mim mesmo e de como lidei com isso", complementou o tenista de 20 anos, que agora segue para Roland Garros. No ano passado, ele fez uma ótima campanha desde o quali até as oitavas.

Korda vinha de maus resultados no saibro
Korda teve um ótimo início de temporada, com a final em Delray Beach, um título de challenger em Quimper e também a campanha até as quartas de final do Masters 1000 de Miami. A temporada de saibro, entretanto, vinha com resultados negativos e eliminações nas estreias de Belgrado, Munique e no quali do Masters 1000 de Madri, além de cair nas oitavas em Lyon.

"Tive que continuar otimista, mesmo com os resultados ruins na primeira parte da temporada de saibro. Tirei alguns dias de folga, recarreguei minhas baterias e fiz uma semana de treinos muito boa em Praga com meu pai e meu treinador. Voltei com mais fome e estou jogando um tênis muito bom agora".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva