Notícias | Dia a dia
Djokovic volta a ser campeão em casa após 10 anos
29/05/2021 às 10h39

O título mais recente de Djokovic em casa havia acontecido ainda em 2011

Foto: Starsport/Belgrade Open

Belgrado (Sérvia) - Na temporada em que a cidade de Belgrado voltou ao calendário do circuito com a disputa de dois ATP 250, Novak Djokovic aproveitou sua segunda chance e conquistou um título em casa depois de dez anos. O número 1 do mundo venceu o torneio desta semana depois de superar o eslovaco vindo do quali Alex Molcan, 255º do ranking, por 6/4 e 6/3 em 1h27 de partida.

Djokovic já havia conquistado títulos em Belgrado nos anos de 2009 e 2011 e a última edição do evento antes dos dois torneios de 2021 havia acontecido em 2012, sem a participação do melhor jogador do país. Há um mês, o número 1 do mundo disputou outro torneio na capital sérvia, foi superado pelo russo Aslan Karatsev na semi e o título ficou com o italiano Matteo Berrettini. A cidade ainda recebeu um WTA na semana passada, conquistado pela espanhola Paula Badosa.

Aos 34 anos, Djokovic comemora o 83º título de sua carreira profissional e o 16º no saibro. Este ano, o sérvio já havia conquistado o Australian Open e vencido seu 18º Grand Slam. Ele acumula 20 vitórias e apenas três derrotas na temporada, e agora segue para a disputa de Roland Garros. Sua estreia no Grand Slam francês será contra o norte-americano Tennys Sandgren.

Superado por Djokovic na decisão, o canhoto Molcan está com 23 anos. Ele só havia disputado duas partidas em nível ATP e não tinha vitórias pela elite do circuito antes desta semana, mas o eslovaco tinha 10 vitórias em chaves principais de challenger na temporada e está com o melhor ranking da carreira. Depois de passar pelo quali, ele venceu os convidados sérvios Hamad Medjedovic e Pedja Krstin, e depois derrotou o espanhol Fernando Verdasco nas quartas e o argentino Federico Delbonis na semi.

Sérvio sofreu quatro quebras, mas foi eficiente nas devoluções
O começo de partida foi complicado para Djokovic, que teve o serviço quebrado em dois de seus três primeiros games de serviço. No entanto, com seu ótimo desempenho nas devoluções e aproveitando-se do saque não muito potente de seu adversário, ele conseguiu devolver as duas quebras e buscar o empate no sexto game. Djokovic pressionou bastante o segundo serviço de Molcan, vencendo 10 pontos em 13 possíveis no primeiro set e voltaria a quebrar para fazer 5/3. O número 1 do mundo foi quebrado quando sacava para o set, mas fechou a parcial no game seguinte.

No início do segundo set, Djokovic teve mais tranquilidade para confirmar seus games de serviço e só perdeu um ponto no saque nos três primeiros games. Logo depois, ele conseguiu uma quebra para fazer 4/2. Molcan tentou jogar solto, arriscando jogadas de efeito, e até conseguiu devolver a quebra, mas voltaria a perder o saque e o número 1 do mundo pôde definir a partida em seu serviço.

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp