Notícias | Dia a dia
Andreescu vence, mas sente nova lesão e abandona
25/05/2021 às 14h00

Andreescu diz que a lesão abdominal não é grave, mas preferiu não arriscar

Foto: Michel Grasso/Internationaux de Strasbourg
Mário Sérgio Cruz

Estrasburgo (França) - A terça-feira foi de emoções distintas para Bianca Andreescu no WTA 250 de Estrasburgo. A canadense venceu seu segundo jogo na semana e garantiu vaga nas quartas de final. Mas ela não seguirá no torneio, porque sentiu uma lesão muscular na região abdominal durante a partida contra a belga vinda do quali Maryna Zanevska, 259ª do ranking, e preferiu não se arriscar antes de Roland Garros. O Grand Slam francês começa no próximo domingo.

"Estou super feliz por ter vencido hoje, mas eu vou desistir do meu próximo jogo, porque eu senti uma lesão abdominal. E eu não quero arriscar antes de Roland Garros. Não é nada sério, apenas um desconforto", disse Andreescu, que venceu Zanevska por 6/1 e 6/4 em 1h05 de partida nesta terça-feira em Estrasburgo.

"Eu não sei exatamente o ponto em que eu comecei a sentir essa lesão, mas foi no durante o segundo set, quando eu estava sacando. E meu objetivo agora é me cuidar o melhor que posso", acrescenta a canadense, que não enfrentou break-points no primeiro set, mas começou atrás na parcial seguinte. Zanevska chegou a liderar o segundo set por 4/2, mas Andreescu reagiu e venceu quatro games seguidos no fim do jogo.

Com a desistência de Andreescu, a vencedora da partida das oitavas entre a chinesa Shuai Zhang e a romena Sorana Cirstea irá diretamente para a semifinal do torneio francês. 

Jogadora de 20 anos tem longo histórico de lesões

O problema muscular aumenta o histórico de lesões de Andreescu, que já ficou mais de um ano sem jogar por um problema no joelho esquerdo, mas também já sofreu com dores no ombro há dois anos, e recentemente abandonou a final de Miami por lesão no pé direito. A canadense também foi diagnosticada recentemente com Covid-19, o que retardou seu retorno ao circuito durante a temporada de saibro. "Acho que não é nada sério, mas no passado eu tive muitas lesões e eu quero aprender com os meus erros. E é por isso que eu não quero exigir demais do meu físico antes de um Grand Slam".

Perguntada por TenisBrasil sobre como faz para manter o ritmo de jogo e o bom nível de tênis mesmo com tantas lesões, Andreescu comentou que aprendeu com os erros do passado e consegue ter melhor planejamento de treinos e competições. "Isso faz parte da carreira de qualquer atleta, sempre tem algumas coisas que você pode fazer e aprender com os erros do passado. Hoje eu tenho um calendário melhor de torneios, e estou ficando melhor na quadra e nos treinos físicos, com exercícios diferentes. É claro que a situação é decepcionante. Mas eu fiz o meu melhor para lidar com a situação".

Canadense satisfeita com o nível de tênis apresentado

Apesar da desistência, a canadense estava satisfeita com o nível de tênis apresentado, tanto na estreia contra a espanhola Andrea Lazaro Garcia, quanto no jogo desta terça-feira, diante de Zanevska. "As condições estavam um pouco diferentes do que na estreia, estava ventando mais e chovendo. Minha adversária hoje era diferente, batia mais reto na bola, era mais consistente, tinha um saque mais forte".

"É super decepcionante ter que abandonar, mas em termos de tênis as duas partidas foram muito boas", comenta a atual número 7 do mundo. "Eu executei tudo como eu gostaria de fazer, com o meu saque, com as devoluções, a movimentação em quadra e com os golpes mais pesados no saibro. Então, nesse sentido, estou muito feliz com essas duas partidas".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva