Notícias | Dia a dia
Austríaca aposta que Djoko baterá recorde de Slam
22/05/2021 às 09h24

Viena (Áustria) - Os argumentos para escolher quem é o maior tenista de todos os tempos são vastos e um dos mais fortes é o número de títulos de Grand Slam. Em entrevista ao Tennis 365, a apresentadora do Eurosport e ex-número 7 do mundo, a austríaca Barbara Schett, afirmou que realmente as conquistas dos quatro principais torneios do circuito pesam demais.

“Uma parte da decisão de quem é o maior desses três será, no final, os títulos do Grand Slam que eles conquistarem. Acho que é assim que eles serão julgados. Todos jogaram ao mesmo tempo e, no final do dia, os números contam. Acho que essa batalha para ver quem ganha mais campeonatos ficará por conta de Novak e Rafa”, afirmou Schett.

A austríaca acredita que o sérvio Novak Djokovic conseguirá superar o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal, que no momento são os recordistas de Slam empatados com 20 títulos. “Talvez Roger acredite que possa vencer Wimbledon mais uma vez, mas isso será difícil na sua idade e por ter estado longe por tanto tempo”, analisou a ex-top 10.

“Eu adoraria ver Roger vencer Wimbledon novamente. Ele deve acreditar que pode fazer isso ou não estaria jogando, mas esteve fora por tanto tempo e seu corpo vai doer quando encarar partidas em melhor de cinco. Eu me aposentei aos 28 anos e pensava que já era velha. Agora Federer está com quase 40 e estamos dizendo que ainda pode vencer em Wimbledon. É incrível”, acrescentou.

Schett vê o sérvio melhor que os outros dois Big 3 nos anos seguintes e por isso aposta em Djokovic para ser o recordista de Grand Slam. “Tanto Novak quanto Rafa parecem bem fisicamente e, para mim, acho que Djokovic ultrapassará Nadal e Federer no final”, encerrou a austríaca.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva