Notícias | Dia a dia
Federer deixa vantagem escapar e cai na estreia
18/05/2021 às 12h49

Federer chegará a Roland Garros tendo disputado apenas uma partida no saibro

Foto: Divulgação

Genebra (Suíça) - De volta a uma competição no saibro depois de quase dois anos, Roger Federer foi eliminado na estreia do ATP 250 de Genebra. Principal nome do torneio e número 8 do mundo, o suíço entrou diretamente nas oitavas e perdeu nesta terça-feira para o espanhol Pablo Andujar, 75º colocado, por 6/4, 4/6 e 6/4 em 1h49 de partida. O suíço chegou a liderar o último set por 4/2, mas perdeu quatro games seguidos.

Federer não disputava um torneio no saibro desde sua boa campanha até a semifinal de Roland Garros em 2019. Depois de não ter disputado os Masters 1000 de Madri e Roma nas últimas semanas, o torneio em casa foi o único que o veterano de 39 anos disputou no piso antes de voltar ao Grand Slam francês.

Além disso, o ex-líder do ranking só havia atuado em um torneio este ano. Ele jogou o ATP 250 de Doha, em quadras de piso duro, no mês de março. O evento no Qatar foi o primeiro que ele jogou após mais de um ano parado. O suíço passou por duas cirurgias no joelho direito em 2020 e precisou de um lento processo de recuperação.

Algoz de Federer, Andujar está com 35 anos e tem como melhor ranking da carreira o 32º lugar, alcançado em 2015. O veterano espanhol tem quatro títulos de ATP e marcou sua quinta vitória contra top 10 na carreira. Apesar da pouca diferença de idade, ele jamais havia enfrentado Federer pelo circuito profissional.

Andujar agora espera pelo vencedor entre o jovem suíço de 18 anos Dominic Stricker e o húngaro Marton Fucsovics. Convidado para o torneio e 419º do ranking, Stricker foi campeão juvenil de Roland Garros no ano passado e recentemente venceu seu primeiro challenger. Nesta terça-feira, ele surpreendeu o croata Marin Cilic por 7/6 (7-5) e 6/1, enquanto Marton Fucsovics derrotou o suíço Henri Laaksonen por duplo 7/5.

Após duas parciais equilibradas, suíço perdeu vantagem no terceiro
O primeiro set teve apenas uma quebra, conquistada por Andujar já no último game da parcial. Fededer tentou devolver os saques do espanhol bem atrás da linha de base, mas não conseguiu um break-point sequer na parcial e só venceu cinco pontos no serviço do adversário. Mesmo com só 40% de primeiro saque na quadra, o suíço também vinha bem em seus games de saque, mas cometeu erros com o forehand quando perdia por 5/4 e acabou tendo o serviço quebrado no único break point de todo o set.

Federer sacou melhor no segundo set, colocando 79% de primeiros serviços em quadra. O suíço só perdeu quatro pontos em seu saque durante a parcial e ainda conseguiu uma quebra cedo para abrir 3/1 e sustentar a vantagem até o final do set.

Em bom momento na partida, Federer também foi o primeiro a quebrar no set decisivo, depois de um game muito longo. Ele novamente abriu 3/1 e só havia perdido um ponto no saque em todo o set até a liderança por 4/2.

Mas Andujar conseguiu reagir, aproveitando-se de alguns segundos serviços de Federer. Durante o terceiro set, o suíço só conseguiu vencer quatro pontos em dez possíveis com o segundo saque. Além disso, o espanhol fez um jogo consistente do fundo de quadra e conseguiu devolver a quebra no oitavo game, além de colocar mais pressão no último game da partida para voltar a quebrar e conseguir uma das maiores vitórias da carreira.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva