Notícias | Dia a dia
Mladenovic volta ao nº 1 de duplas, Stefani sobe
17/05/2021 às 15h07

Queda de Barty no ranking de duplas faz Stefani igualar o melhor ranking da carreira

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Após as disputas do WTA 1000 de Roma, o ranking de duplas foi atualizado nesta segunda-feira. A francesa Kristina Mladenovic, finalista da competição ao lado da tcheca Marketa Vondrousova, saltou cinco posições e reassumiu a liderança. Mladenovic, de 28 anos, já havia liderado o ranking por oito semanas a partir de 2019.

A belga Elise Mertens, que havia chegado ao topo do ranking na semana passada, ficou em segundo lugar. Atrás dela, aparecem a taiwanesa Su-Wei Hsieh em 3º, a bielorrussa Aryna Sabalenka em 4º, a já aposentada tcheca Barbora Stryova em 5º e a húngara Timea Babos na 6ª posição. Já Vondrousova, finalista em Roma e mais focada em simples, é a número 21 do mundo no circuito individual e apenas a 118ª colocada entre as especialistas em duplas.

Campeãs em Roma, a mexicana Giuliana Olmos e a canadense Sharon Fichman deram bons saltos no ranking com os 900 pontos conquistados. Olmos ganhou uma posição e agora é a número 30 do mundo. Fichman agora aparece na 31ª posição, tendo ultrapassado 19 concorrentes.

A australiana Ashleigh Barty, número 1 do mundo em simples, não jogou a chave de duplas em Roma e defendia o título de 2019. Por isso, ela perdeu dez posições e foi parar no 27º lugar. A queda de Barty foi boa para a brasileira Luisa Stefani, que subiu uma posição e assumiu o 25º lugar, igualando a melhor marca da carreira. Parceira de Stefani, a norte-americana Hayley Carter é a 26ª colocada.

A corrida por uma vaga no WTA Finals de Shenzhen segue liderada pelas tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, campeãs em Madri recentemente. Em segundo lugar estão as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara. Stefani e Carter aparecem na quinta posição.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva