Notícias | Dia a dia
Bia sai na frente, mas leva vidada de principal favorita
14/05/2021 às 20h13

* Atualizado ás 20h10, com declarações de Bia após a partida

Saint-Gaudens (França) - Não deu para a paulista Beatriz Haddad Maia nas quartas de final do W60 de Saint-Gaudens. Ela foi derrotada nesta sexta-feira pela principal favorita ao título, a suíça Viktorija Golubic, atual 72ª do mundo, perdendo de virada, com parciais de 6/7 (2-7) 6/4 e 6/2, após batalha de 2h48.

Ao avançar duas rodadas, a canhota paulista já garantiu 18 pontos no ranking e assim pode avançar do atual 231º posto para a 222ª colocação. O melhor ranking da carreira da atual número 1 do Brasil foi o 58º lugar, alcançado em setembro de 2017 e igualado no início da temporada seguinte. 

A paulista saiu atrás e perdeu os três primeiros games da partida, mas se recuperou e devolveu o break no sétimo game. Sem novas quebras para qualquer um dos lados, a definição foi para o tiebreak, em que Bia foi superior e cedeu apenas dois pontos para a rival, marcando 1 set a 0 no placar.

No segundo set, mas uma vez Bia largou mal e perdeu os três primeiros games, com duas quebras de desvantagem. A canhota até devolveu um dos breaks que levara, mas não teve forças para nada além disso. Após perder o serviço no quarto game, Golubic manteve os saques seguintes e empatou o confronto.

O terceiro e decisivo set teve três quebras seguidas nos três primeiros games e foi a suíça a primeira a confirmar, abrindo 3/1. Golubic ainda anotou mais um break para cima da brasileira e deixou a diferença ainda maior, chegando a marcar 5/1. Bia não conseguiu devolver sequer uma das duas quebras que tinha contra e assim amargou a eliminação.

Bia agora espera disputar o quali de Roland Garros
"O jogo foi muito duro, ela foi mais corajosa no segundo e no terceiro set e eu errei mais", disse Bia, após a partida desta sexta-feira. "Mas estou feliz com a partida no geral, fiz um bom primeiro set contra uma jogadora muito difícil de enfrentar, uma top 100. Agora é bola pra frente, vou para Paris para assinar a lista do qualy e, quem sabe, entrar na disputa".

Segundo a assessoria da tenista, Bia espera por desistências para poder disputar o qualificatório de Roland Garros. O segundo Grand Slam do calendário do tênis expandiu a chave da fase classificatória do torneio feminino, passando de 96 para 128 competidoras. Com o quali se iniciando no dia 24 de maio, a paulistana irá até a capital francesa para assinar a lista de alternates e aguardar a sua chance.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva