Notícias | Dia a dia
Pliskova vira jogo duro e faz 3ª semi seguida em Roma
14/05/2021 às 10h29

Roma (Itália) - A tcheca Karolina Pliskova cada vez mais vai se sentindo em casa nas quadras do Foro Itálico. Campeã do WTA 1000 de Roma em 2019 e vice no ano passado, ela irá disputar a terceira semifinal seguida no torneio, garantindo vaga na penúltima fase ao bater a letã Jelena Ostapenko em uma suada virada, com placar final de 4/6, 7/5 e 7/6 (7-1).

Nas semifinais, a nona favorita terá pela frente a croata Petra Martic, que mais cedo derrubara a norte-americana Jessica Pegula em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/4, após 1h40 de jogo. Apesar da carreira mais vitoriosa e do melhor ranking, Pliskova leva a pior no retrospecto contra a próxima adversária, somando duas vitórias e quatro derrotas.

O duelo com Ostapenko foi bastante equilibrado e definido com margens mínimas, tanto que dois dos três sets foram definidos com apenas uma quebra de diferença e o outro apenas no tiebreak. A letã começou com tudo e venceu os quatro primeiros games da partida. Pliskova reagiu e deixou tudo igual em 4/4, mas levou nova quebra no décimo game e perdeu a parcial.

No segundo set, mas uma vez a letã largou na frente e abriu 2/0, mas Pliskova novamente mostrou poder de reação, devolveu o break imediatamente e anotou nova quebra no nono game para sacar em 5/4. Ostapenko se salvou e empatou em 5/5, só que a tcheca bateu o saque da rival uma vez mais, voltou a servir para fechar a parcial e desta vez confirmou para empatar o placar.

A definição veio em um movimentado terceiro set, que começou com duas quebras seguidas, uma para cada lado. As duas trocaram quebras novamente entre o sétimo e o oitavo games. No décimo, Pliskova sofreu com o saque e teve que salvar três match-points para sobreviver. A decisão foi para o tiebreak, em que a tcheca foi dominante e cedeu apenas um ponto para Ostapenko.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG