Notícias | Dia a dia
Swiatek salva 2 match-points, Ostapenko avança
13/05/2021 às 14h10

Swiatek espera pela vencedora entre Muguruza e Svitolina em Roma

Foto: Jimmie48/WTA

Roma (Itália) - Atual campeã de Roland Garros, Iga Swiatek superou um bom teste nesta quinta-feira para chegar às quartas de final do WTA 1000 de Roma. A polonesa, número 15 do mundo, salvou dois match-points na partida contra a tcheca Barbora Krejcikova, 40ª do ranking, e venceu por 3/6, 7/6 (7-5) e 7/5 em 2h50 de partida.

Com apenas 19 anos, Swiatek disputa a chave principal em Roma apenas pela segunda vez na carreira, sendo que ano passado ela caiu ainda na rodada de estreia. Focada em torneios grandes, tem boas chances de continuar subindo no ranking nesta semana. Ela já ocupa atualmente a melhor marca da carreira. Sua próxima adversária virá do jogo entre a ucraniana Elina Svitolina, bicampeã em Roma, e a espanhola Garbiñe Muguruza, ex-número 1 do mundo.

O início de partida foi preocupante para Swiatek, que colocou apenas 54% de primeiros serviços em quadra e sofreu quatro quebras em cinco games de saque. No segundo set, Krejcikova abriu 2/0, mas a polonesa buscou o empate por 2/2 e evitou uma nova quebra no oitavo game. Já na reta final da parcial, quando perdia por 6/5, ela escapou de dois match-points jogando de forma agressiva para forçar o tiebreak. Swiatek definiu a parcial tendo feito 23 a 11 em winners.

Já no terceiro set, Krejcikova vinha confirmando seus serviços com maior tranquilidade. Até o empate por 5/5, a tcheca só havia perdido quatro pontos no saque, enquanto Swiatek escapou de três chances de quebra. Já no último game da partida, quando vencia por 6/5, a campeã de Roland Garros não deu pontos de graça, foi muito firme e precisa do fundo de quadra em uma das subidas à rede para chegar ao match-point e aproveitar a chance. Ela fez 47 a 25 em winners, e cometeu 56 erros contra 46 da rival, além de escapar de 11 dos 16 break-points que enfrentou.

Ostapenko tira Kerber e encara Pliskova nas quartas
No duelo entre duas vencedoras de Grand Slam, a letã Jelena Ostapenko levou a melhor contra a ex-número 1 do mundo Angelique Kerber por 4/6, 6/3 e 6/4. Ostapenko, que já foi top 5 e atualmente é a 49ª do ranking aos 23 anos, agora enfrenta a tcheca Karolina Pliskova. Campeã em Roma em 2019 e vice no ano passado, Pliskova é a número 9 do ranking e venceu a russa Vera Zvonareva por 7/5 e 6/3.

Já a argentina Nadia Podoroska, algoz de Serena Williams na última quarta-feira, foi eliminada nas oitavas. Ela perdeu para a croata Petra Martic, 25ª do ranking, por 3/6, 6/1 e 6/2. Martic encara a norte-americana Jessica Pegula, 31ª colocada, que venceu a russa Ekaterina Alexandrova por 6/2 e 6/4.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio