Notícias | Dia a dia
Serena se mantém como 4ª favorita para Wimbledon
11/05/2021 às 08h33

Londres (Inglaterra) - A aposentadoria de Serena Williams das quadras é algo cada vez mais próximo da realidade. Entretanto, a norte-americana de 39 anos não quer se despedir da torcida sem levantar novamente uma taça de Grand Slam, algo que não acontece desde 2017. Esse objetivo pode ser alcançado em Wimbledon, onde a tenista foi vice-campeã nas duas últimas edições e aparece nas cotações de apostas como uma das principais favoritas ao título em 2021.

Com o início marcado para o dia 28 de junho deste ano, o torneio de Wimbledon sempre foi uma das competições favoritas de Serena Williams. Ela foi campeã nas gramas londrinas sete vezes e sonha com o oitavo título neste ano. Uma tarefa que não será nada fácil, mas que está longe de ser impossível para alguém que é profissional desde 1995 e já venceu 23 Grand Slams na carreira.

As cotações de apostas para o torneio que estão disponíveis no site Fortuna Bet colocam a veterana como a quarta favorita ao título. No dia 28 de abril, Serena aparecia com 11,1% de probabilidade de levantar a 24ª taça de Grand Slam na carreira. Apenas Naomi Osaka, com 14,7%, Ashleigh Barty, com 12,8% e a atual campeã Simona Halep, com 11,4%, surgiam com cotações melhores na disputa pelo título britânico.

Esses números mostram que a disputa será acirrada e que os pequenos detalhes podem fazer a diferença. Ou seja, a preparação de Serena Williams para o torneio será algo importante, principalmente com os jogos que vão acontecer anteriormente. Por exemplo, a participação em Roma e Roland Garros nas próximas semanas será essencial para saber como a atleta está fisicamente para o torneio inglês no mês seguinte.

Fora das quadras
Enquanto planeja mais um título de Grand Slam antes do adeus definitivo, Serena Williams também mostra qual caminho deve seguir após se aposentar das quadras de tênis. Em 2016, por exemplo, a tenista publicou uma carta no jornal britânico The Guardian abordando o tema da equidade salarial no circuito. As opiniões de Serena têm grande importância no circuito e ela tem sido uma forte representante dos direitos das tenistas.

Além disso, Serena também deve ganhar uma atenção especial dos produtores audiovisuais. Em abril deste ano, a Amazon confirmou que vai produzir um documentário sobre a carreira da atleta norte-americana. A ideia é mostrar um pouco mais dos bastidores de uma das maiores tenistas de todos os tempos.

O ano de 2021 será importante na carreira de Serena Williams, mesmo que não seja o último. Após ser vice-campeã nas últimas quatro finais de Grand Slam que disputou, as apostas indicam que a disputa pelo título em Wimbledon será apertada e que ela tem grande probabilidade de ficar com a taça. Ver a maior campeã do tênis mundial conseguir o 24º título no circuito prestes a completar 40 anos seria algo nada menos do que emocionante. Um capítulo final quase perfeito.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva