Notícias | Dia a dia
Mertens é nova nº 1 de duplas, Stefani segue em 26º
10/05/2021 às 15h09

Curiosamente, Mertens tomou o lugar da taiwanesa Su-Wei Hsieh, que agora é sua parceira no circuito

Foto: Jimmie48/WTA

Miami (EUA) - O ranking das especialistas em duplas da WTA tem uma nova líder a partir desta segunda-feira. A belga Elise Mertens assumiu a primeira posição, ultrapassando a taiwanesa Su-Wei Hsieh. Curiosamente, as duas estão começando a jogar juntas nesta temporada de saibro. A jogadora de 25 anos se torna a segunda belga a liderar o ranking de duplas, repetindo a marca de Kim Clijsters, que foi número 1 na modalidade por quatro semanas em 2003.

"Estou muito feliz por me tornar a número 1 do mundo em duplas. É um sonho que se tornou realidade", disse Mertens, em entrevista ao site da WTA. "Eu não teria feito isso sem todos as parceiras incríveis com quem joguei e, claro, sem a minha equipe. Então quero agradecê-los por me ajudarem a chegar aqui. Este é um momento que guardarei para sempre".

Mertens está com os mesmos 8.340 pontos em relação ao ranking anterior, divulgado há duas semanas, mas Hsieh tinha mil pontos a defender pelo título de Madri de 2019. Ela e a belga perderam na estreia na capital espanhola, e com isso a taiwanesa ficou com 8.250 pontos.

Em terceiro lugar ficou a bielorrussa Aryna Sabalenka, que foi campeã do Australian Open em janeiro ao lado de Mertens, mas depois decidiu focar no circuito de simples. Já na quarta posição ficou a tcheca Barbora Strycova, que recentemente anunciou a aposentadoria, e era a antiga parceira da Hsieh. O nome da tcheca ainda não saiu do ranking e seus pontos de Madri foram descontados normalmente.

Vice não muda pontuação de Stefani
A brasileira Luisa Stefani permanece no 26º lugar do ranking, com os mesmos 3.360 pontos de duas semanas atrás. O vice-campeonato no WTA 125 de Saint-Malo ao lado da norte-americana Hayley Carter rendeu 95 pontos, mas isso sequer entra na conta de seus onze melhores resultados válidos para o ranking. Para começar a ganhar posições, Stefani precisa no mínimo de 190 pontos em um torneio. Ela e a Carter são a quinta melhor parceria da temporada.

Tchecas lideram a corrida para o Finals
Outra mudança no ranking de duplas é a troca de liderança na corrida por vaga no Finals. Campeãs em Madri no último sábado, as tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova assumiram o primeiro lugar na temporada, ultrapassando as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara. Em terceiro lugar estão a norte-americana Nicole Melichar e a holandesa Demi Schuurs.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva