Notícias | Dia a dia
Andreescu desiste de Roma, Pliskova ganha folga
09/05/2021 às 16h05

Andreescu já havia desistido de Madri por Covid-19

Foto: Arquivo

* Atualizado às 16h05, com a justificativa da canadense

Roma (Itália) - Um dia depois do sorteio para a chave principal do WTA 1000 de Roma, a canadense Bianca Andreescu precisou desistir da competição, por motivo de doença. Andreescu já não havia jogado em Madri, porque foi diagnosticada com Covid-19 às vésperas do torneio na capital espanhola. A saída da atual número 6 do mundo provocou uma atualização na chave. Andreescu está inscrita para jogar em Estrasburgo, a partir de 23 de maio.

Por meio de seu perfil no Instagram, Andreescu justificou a desistência. Ela afirmou que já tem exame negativo para Covid-19 e que já tinha voltado a treinar depois de cumprir o período de isolamento em Madri. No entanto, as regras do Governo Italiano a obrigariam ter que passar por uma quarentena se ela chegasse ao país. Por isso, não pôde jogar o torneio.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Bianca Vanessa🦋 (@biancaandreescu_)

Chave é reequilibrada com mudanças para Pliskova e Sakkari
Segundo o regulamento da WTA, sempre que uma cabeça de chave desiste de um torneio no intervalo de tempo entre o sorteio e o início dos jogos, é necessário fazer um reequilíbrio do torneio. A tenista beneficiada foi Karolina Pliskova, nona do ranking mundial, que agora ganha uma folga na primeira rodada e foi para o quadrante de Simona Halep (terceira colocada).

Pliskova, que foi campeã em 2019 e vice no ano passado, agora estreia contra a vencedorada partida entre a letã Anastasija Sevastova e a suíça Jil Teichmann. A cabeça de chave mais próxima é a tcheca Petra Kvitova, que encara a polonesa Magda Linette na primeira fase. Já nas quartas, há chance de um confronto contra Halep. É a segunda mudança de adversária para Pliskova na semana. Ela foi sorteada para enfrentar Venus Williams, mas a norte-americana desistiu no sábado à tarde por lesão no joelho esquerdo. 

Outra tenista que teve mudança de adversária foi Maria Sakkari. A grega foi designada como cabeça 17 em Roma e ocupa o antigo lugar de Pliskova na chave. Sakkari estreia contra a eslovena do quali Polona Hercog. Se vencer, pode encarar a cazaque Yulia Putintseva ou a promessa norte-americana de 17 anos Coco Gauff. No mesmo quadrante estão a campeã de Madri Aryna Sabalenka e a número 1 do mundo Ashleigh Barty.

Mladenovic e Siegemund herdam vagas
Duas jogadoras experientes entraram na chave como lucky losers. A alemã Laura Siegemund estreia contra a argentina Nadia Podoroska e pode cruzar o caminho de Serena Williams na segunda rodada. Já a francesa Kristina Mladenovic encara a suíça Belinda Bencic, cabeça 10 do torneio, e também pode enfrentar Serena, mas nas oitavas.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva