Notícias | Dia a dia
Thiem: 'Semana foi melhor do que eu esperava'
08/05/2021 às 18h55

Thiem disputou seu primeiro torneio desde março e conseguiu chegar à semifinal

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) - Eliminado na semifinal do Masters 1000 de Madri, Dominic Thiem encerrou sua participação no torneio com pensamento positivo. Afinal, o austríaco considera que a campanha foi além de suas expectativas. Thiem disputou seu primeiro torneio desde o ATP 500 de Dubai realizado no início de março. Nos últimos meses, sofreu com lesões e revelou recentemente como o momento também não era bom mentalmente e que precisava de um tempo para se recuperar.

"Em geral, estou super feliz com a semana. Não posso reclamar de nada. Chegar à semifinal é um resultado muito melhor do que eu esperava", disse Thiem, após a derrota por 6/3 e 6/4 para Zverev neste sábado. "Claro, há muitas coisas a melhorar nas próximas semanas. Tenho que chegar logo em Roma, fazer alguns bons treinos lá e, em seguida, jogar ainda melhor do que aqui em Madri".

"É claro que alguns dos golpes precisam melhorar. Mas estou muito otimista de que isso vai acontecer a cada semana que estiver em quadra. Era importante conseguir um grande resultado aqui, principalmente pela confiança. Estou feliz por achar que estou no caminho certo", comentou o atual número 4 do mundo, que venceu nesta semana os norte-americanos Marcos Giron e John Isner e também o australiano Alex de Minaur.

Atual campeão do US Open, o jogador de 27 anos reconhece que teve dificuldade para redefinir suas metas depois de conquistar seu primeiro Grand Slam. "Acho que a pandemia teve um papel importante nisso, porque é mentalmente mais desgastante estar em uma bolha e jogar em estádios vazios. Mas o principal motivo foi que ganhei o primeiro Grand Slam e alcancei meu objetivo na vida. Então, é claro, foi difícil simplesmente continuar como antes. Eu precisava de um tempo para pensar sobre isso e me reagrupar. Isso demorou um pouco".

Na semana que vem em Roma, Thiem será o cabeça 4 do torneio. Ele espera pelo vencedor da partida entre o argentino Guido Pella e o húngaro Marton Fucsovics. O cabeça de chave mais próximo é o francês Gael Monfils, possível adversário nas oitavas, enquanto o russo Andrey Rublev pode pintar nas quartas.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva