Notícias | Dia a dia
Zverev despacha Thiem e volta à final em Madri
08/05/2021 às 12h50

Zverev vai em busca de seu 15º título no circuito e o quarto Masters 1000 da carreira

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) - Vencedor do Masters 1000 de Madri em 2018, Alexander Zverev está de volta à decisão do torneio em quadras de saibro na capital espanhola. Um dia depois de eliminar o pentacampeão Rafael Nadal nas quartas, Zverev também superou o número 4 do mundo Dominic Thiem. O alemão despachou o austríaco com parciais de 6/3 e 6/4 em apenas 1h37 de partida.

Esta foi apenas a terceira vitória de Zverev em 11 duelos com Thiem no circuito, mas já é a segunda no saibro de Madri. Eles já haviam se enfrentado na decisão do torneio de três anos atrás, quando o alemão venceu o terceiro e mais recente Masters 1000 da carreira. Aos 24 anos, Zverev tem 14 títulos no circuito da ATP e disputará sua 24ª final, sendo a oitava em torneios deste porte. 

O adversário de Zverev na final de Madri virá da partida entre o norueguês Casper Ruud, 22º do ranking, e o italiano Matteo Berrettini, número 10 do mundo. Os dois possíveis rivais do alemão ainda não tem títulos de Masters 1000. Ele jamais enfrentou Ruud no circuito e lidera o histórico contra Berrettini por 2 a 1.

Na temporada, Zverev acumula 15 vitórias e sofreu sete derrotas. Seus principais resultados até então haviam sido o título no ATP 500 de Acapulco e a campanha até as quartas de final do Australian Open. O desempenho no início da temporada de saibro foi prejudicado por uma recente lesão no cotovelo, mas depois de ter sido precocemente eliminado em Monte Carlo e Munique, o alemão garante que está livre dos problemas físicos.

Por sua vez, Thiem disputou seu primeiro torneio desde o ATP 500 de Dubai realizado no início de março. Neste início de temporada, o austríaco sofreu com algumas lesões, primeiro por dores e bolhas nos pés e depois por problemas no joelho esquerdo, que atrasaram seu retorno ao circuito. Fora das quadras, também revelou recentemente como o momento também não era bom mentalmente e que precisava de um tempo para se recuperar.

O set inicial teve apenas uma quebra, conquistada por Zverev ainda no começo. O alemão já havia escapado do único break-point que enfrentou em toda a parcial, e logo na sequência conseguiu quebrar o serviço de Thiem para abrir 3/1. Depois disso, só perderia mais três pontos em seu saque até o fim do set. O austríaco tentou usar algumas variações táticas, recorrendo aos slices mais vezes do que de costume, mas mesmo assim não conseguiria quebrar o ritmo do rival. Os pontos no set continuavam sendo muito curtos, em sua maioria. Thiem liderou a contagem de winners da parcial por 11 a 9 e cometeu 7 erros, um a mais que o alemão.

Thiem tentou devolver os saques de Zverev um pouco mais afastado da linha de base no segundo set, mas seguia sem ter sucesso em sua tentativa de pressionar o serviço do adversário. Pelo contrário, Zverev confirmou seus dois primeiros games de serviço na parcial com tranquilidade e conseguiu duas novas quebras para abrir 4/1.

O alemão baixou um pouco a intensidade e permitiu ao austríaco diminuir o placar para 4/3, mas Thiem teve que escapar de três break-points no longo sétimo game e sacou bem quando perdia por 5/4. Mas Zverev continuou sacando bem e definiu a disputa em seu saque em sets diretos. O alemão terminou o jogo com 25 winners contra 22 de Thiem e cometeu 22 erros não-forçados contra 20 do rival. 


Tênis Asics Gel Game 7 Masculino: R$ 449,90

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva