Notícias | Dia a dia
Pucinelli é finalista no Egito, Luz e Sidney campeões
08/05/2021 às 11h09

Pucinelli disputa sua terceira final da temporada e busca o segundo título como profissional

Foto: Arquivo

* Atualizado às 11h, com o título de duplas de Orlando Luz e Gabriel Sidney

Cairo (Egito) - O paulista de 20 anos Matheus Pucinelli disputará no Egito sua terceira final na temporada e na carreira. Ele garantiu vaga na decisão do ITF M15 do Cairo, em quadras de saibro. Pucinelli venceu neste sábado o espanhol Jose Vidal Azorin, 587º do ranking, por 6/4 e 6/3. Seu próximo adversário virá da partida entre o norte-americano Oliver Crawford, cabeça 2 do torneio, e o búlgaro vindo do quali Simon Ivanov.

Só neste início de temporada, Pucinelli já acumula 20 vitórias e apenas cinco derrotas em chaves principais de torneios de nível future. Ele disputou duas finais seguidas no saibro de Antalya, na Turquia, tendo conquistado seu primeiro título como profissional em março e ficado com o vice-campeonato na semana seguinte. Ao considerar também os jogos de qualificatórios, ele tem outras 10 vitórias, acumulando 30 no ano.

Pucinelli ocupa atualmente o 568º lugar do ranking da ATP e está apenas uma posição abaixo da melhor marca da carreira. O título no Cairo rende 10 pontos no ranking, enquanto o vice-campeão receberá seis pontos. Esses resultados, no entanto, só serão computados no dia 17 de maio.

Orlandinho cai na semi, mas vence na dupla
Outro brasileiro que disputou uma semifinal neste sábado foi o gaúcho Orlando Luz, 331º do ranking, que atuou no ITF M15 no saibro de Antalya na Turquia. Depois de precisar jogar o quali no torneio, incluído de última hora em seu calendário, o jogador de 23 anos vinha de seis vitórias seguidas, mas foi superado pelo austríaco Alexander Erler, cabeça 3 em Antalya e 386º colocado, com parciais de 7/5 e 7/6 (7-3).

A boa notícia para Orlando Luz foi a conquista do título de duplas, em parceria nacional ao lado do paranaense Gabriel Sidney. Os brasileiros venceram o austríaco Alexander Erler e o suíço Sandro Ehrat por 6/2 e 7/6 (7-2). Orlandinho tem agora 23 títulos profissionais de duplas no circuito, com destaque para quatro challengers. Ele já venceu dois challengers este ano ao lado de Rafael Matos. Já Gabriel Sidney comemora seu primeiro título profissional aos 24 anos.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva