Notícias | Dia a dia
Segundo recurso de Yastremska ao TAS também é negado
07/05/2021 às 21h39

A ucraniana apresentou vários recursos para tentar voltar a jogar, mas não tem obtido sucesso

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Mais uma vez, a ucraniana Dayana Yastremska não obteve sucesso em suas tentativas de reverter sua suspensão provisória por doping. O segundo recurso apresentado por Yastremska ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) também foi negado. O anúncio oficial foi feito nesta sexta-feira pela Federação Internacional de Tênis (ITF).

"Após uma decisão do presidente do Tribunal Independente de negar um segundo pedido de reverter a suspensão provisória, imposta em 7 de janeiro de 2021, a tenista Dayana Yastremska apelou essa decisão ao Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS). Mas a entidade negou provimento a esse recurso. A Sra. Yastremska, portanto, permanece inelegível para competir, enquanto se aguarda a resolução final de seu caso", diz o comunicado.

Dessa forma, Yastremska terá que aguardar o julgamento da Federação Internacional para saber quanto tempo ficará suspensa. Até lá, segue impossibilitada de disputar torneios. Ela já apresentou dois recursos à ITF e mais dois ao TAS, mas as respostas foram sempre negativas.

Yastremska, de 20 anos e 31ª do ranking, está suspensa desde o dia 7 de janeiro. Um exame de urina realizado no dia 24 de novembro de 2020, fora do período de competição, indicou a presença da metabolito mesterolona, da categoria S1 (Agentes Anabólicos) da lista de substâncias proibidas pela Wada (Agência Mundial Antidoping).

Mesmo suspensa, ela chegou a viajar para a Austrália no início da temporada e cumpriu quarentena obrigatória de 14 dias no país, enquanto seus primeiros recursos para reverter a suspensão eram analisados. Se ela obtivesse sucesso em seu pedido, seria autorizada a voltar a jogar imediatamente. Por isso, acabou ficando dentro da bolha com as demais atletas. Os pedidos da tenista ucraniana feitos à ITF e também ao TAS foram negados e ela não disputou o primeiro Grand Slam do ano.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva