Notícias | Dia a dia
Berrettini faz 11 games seguidos e chega à semi
07/05/2021 às 18h15

O italiano conseguiu uma incrível virada para superar Garin e vai enfrentar Ruud na semifinal

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) - Depois de começar atrás no placar, o italiano Matteo Berrettini anotou uma impressionante virada nesta sexta-feira para garantir vaga na semifinal do Masters 1000 de Madri. O número 10 do mundo superou o chileno Cristian Garin, 25º colocado, com parciais de 5/7, 6/3 e 6/0 em 2h06 de partida. Berrettini chegou a vencer 11 games seguidos na partida, já que perdia o segundo set por 3/1.

Esta foi a sétima vitória consecutiva de Berrettini, de 25 anos, que conquistou o ATP 250 de Belgrado há duas semanas. Ele está voltando ao circuito depois de uma lesão abdominal sofrida durante o Australian Open. Vencedor de quatro títulos no circuito, ele busca uma inédita final de Masters 1000. Esta será sua segunda semifinal em eventos deste porte, repetindo o resultado de Xangai em 2019.

O adversário de Berrettini na semifinal deste sábado será o norueguês Casper Ruud, 22º do ranking. O confronto está marcado para às 16h (de Brasília). Ruud lidera o histórico por 2 a 1, além de ter vencido a partida mais recente, disputada no saibro de Roma no ano passado. O vencedor estará em sua primeira final de Masters 1000 contra Dominic Thiem ou Alexander Zverev.

Já Garin buscava sua primeira semifinal de Masters e a segunda vitória contra top 10 na semana. O chileno já havia derrotado o russo Daniil Medvedev, número 3 do mundo, nas oitavas de final do torneio na capital espanhola. O jogador de 24 anos já tem cinco títulos de ATP, todos eles conquistados no saibro.

Garin venceu o primeiro set e fez 3/1 no segundo
Apesar de o jogo ter começado com uma troca de quebras, o set inicial seguiu com games curtos e com domínio dos sacadores, até que Garin passasse à frente no placar já no fim da parcial. O chileno aproveitou o bom momento e também quebrou logo cedo no segundo set, chegando a liderar por 3/1. Usando mais os slices, o italiano brecou um pouco o ritmo do chileno e buscou o empate no sexto game, além de contar com um número maior de erros não-forçados do adversário para passar à frente no placar do set e empatar o jogo.

O início do terceiro set teve três games muito longos e todos eles favoreceram Berrettini, que abriu 3/0 com duas quebras de vantagem e estabeleceu um claro domínio no aspecto mental do jogo. Sem ter o que fazer, Garin tentava encurtar os pontos e jogava de forma muito agressiva, mas seguia irregular em quadra. Com isso, não aproveitou as chances que teve para sair do zero no placar e acabou levando um 'pneu'. Berrrettini liderou nos winners por 33 a 18 e cometeu 21 erros contra 30 de Garin.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG