Notícias | Dia a dia
Kvitova sofre para vencer, mas se garante nas quartas
03/05/2021 às 12h17

Madri (Espanha) - Na primeira partida desta segunda-feira pelo WTA 1000 de Madri, a tcheca Petra Kvitova teve enorme trabalho para conseguir a vitória. A canhota precisou de três sets e 2h01 para derrubar a russa Veronika Kudermetova, anotando parciais de 6/3, 4/6 e 6/4, e se tornou a primeira quadrifinalista do torneio.

Cabeça de chave número 9, Kvitova terá um páreo duríssimo pela frente e enfrentará uma campeã de Roland Garros. Ela espera pela vencedora do duelo entre a australiana Ashleigh Barty e a polonesa Iga Swiatek, que se enfrentam mais tarde e que foram as vencedoras no Grand Slam francês nas duas últimas temporadas.

Kvitova abiu o jogo vencendo os três primeiros games e depois só precisou administrar a vantagem até o fim para fechar o set inicial. Na segunda parcial, a tcheca teve break-point para fazer 5/4 e sacar para o jogo, mas não aproveitou a chance e acabou ela perdendo o serviço na sequência e assim viu Kudermetova empatar o jogo.

No terceiro e decisivo set, a canhota mostrou força nos momentos importantes. Ela salvou um break-point no segundo game e mais dois no sexto e conseguiu aproveitar a única chance de quebra que teve, no terceiro, para garantir a vitória e a vaga nas quartas.

Outra que carimbou seu passaporte para as quartas de final foi a suíça Belinda Bencic, que contou com a desistência da tunisiana Ons Jabeur no segundo set, quando vencia com o placar de 7/6 (7-2) e 4/3, após 1h36 de confronto. O jogo não teve nenhuma quebra de serviço e Jabeur sentiu um desconforto na parte posterior da coxa direita. A tunisiana chegou a receber atendimento fora da quadra, mas só disputou mais dois pontos depois de voltar.

Oitava favorita em Madri, Bencic agora espera pela vencedora do duelo entre a local Paula Badosa e a letã Anastasija Sevastova.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva