Notícias | Dia a dia
Federer: 'Farei tudo que puder para voltar ao topo'
02/05/2021 às 15h59

Basileia (Suíça) - Enquanto realiza sua preparação para voltar ao circuito, o suíço Roger Federer segue conversando com a imprensa. Desta vez ele deu uma entrevista à revista Schweizer Familie, na qual relembrou os tempos de escola e falou sobre sua recuperação, afirmando que pretende retornar às competições no mais alto nível.

“Farei tudo que puder para voltar ao topo do tênis mundial depois da minha cirurgia. Fiquei um tempo afastado para poder me preparar para este objetivo. Enquanto estiver feliz e com saúde, continuarei jogando tênis. Muitos me perguntam quantos anos me faltam, mas para ser sincero nem eu sei”, comentou Federer, que jogou apenas um torneio em 2021.

Ao ser questionado sobre os tempos de escola, ele admitiu que nunca gostou de fazer o dever de casa. "Lembro-me que era uma tortura sempre que tinha dever de casa. Eu era um menino que tinha dificuldade em me concentrar por muito tempo”, contou o tenista da Basileia, que também falou sobre sua relação com a África do Sul, país natal de sua mãe.

Foi por lá que Federer realizou em 2020 uma exibição com o espanhol Rafael Nadal que bateu o recorde de público em uma partida de tênis, arrecadando fundos para sua fundação, que trabalha para ajudar na educação de crianças carentes em todo o continente africano.

Na entrevista, Federer reconhece que não é tão conhecido por lá como em outros países do mundo. “Sou uma pessoa que gosta muito de viajar pela África. Sempre vou a este continente com a motivação de ajudar ainda mais. Só que quando vou para lá não sou uma estrela do tênis, sou simplesmente Roger ", concluiu.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva