Notícias | Dia a dia
Svitolina perde 6 match-points e acaba eliminada
29/04/2021 às 11h37

Algoz de Svitolina, a suíça Jil Teichmann perdia o último set por 1/5

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - A ucraniana Elina Svitolina não teve vida longa no WTA 1000 de Madri e acabou sendo eliminada logo na primeira rodada. Sua algoz foi a suíça Jil Teichmann, que salvou seis match-points para derrubar a cabeça de chave número 4 de virada, com o placar final de 2/6, 6/4 e 7/6 (7-5), depois de 2h33.

Teichmann perdeu o primeiro set, venceu o segundo e no terceiro chegou a estar perdendo por 1/5, com duas quebras de desvantagem. Svitolina sacou duas vezes para o jogo, se deu mal em ambas as oportunidades e em nenhum desses games teve match-point. Os primeiros quatro vieram no serviço da suíça, no oitavo game.

Os outros dois match-points vieram novamente no saque de Teichmann, no 12º game, quando a suíça novamente se salvou e levou a decisão para o tiebreak. Após perder tantas chances, Svitolina pagou caro, perdeu o desempate e o jogo.

"Honestamente, eu nem contei os match-points", disse Teichmann depois da suada vitória na estreia em Madri. "Eu estava perdendo por 1/5, mas todos os games foram difíceis. Sempre acreditei, mesmo com os match-points contra, que eu poderia fazer isso", comemorou a suíça, que agora terá pela frente a espanhola Paula Badosa.

A atleta da casa conquistou sua primeira vitória da carreira no torneio nesta quinta ao derrotar a tcheca Barbora Krejcikova em sets diretos, com 6/1 e 7/5. Atual 62 do mundo, Badosa leva vantagem no confronto com a suíça 40ª colocada na WTA, ela venceu os dois confrontos anteriores, bateu Teichmann em Seul (2019) e contou com desistência da rival em Mimai (2021).

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva