Notícias | Dia a dia
Barty aplica 'pneu' e já está nas quartas, Kenin cai
21/04/2021 às 15h49

Barty espera pela vencedora entre Pliskova e Ostapenko

Foto: Porsche Tennis Grand Prix

Stuttgart (Alemanha) - Com uma grande atuação nesta quarta-feira, Ashleigh Barty estreou com vitória no WTA 500 de Stuttgart. Em sua primeira participação no fortíssimo torneio alemão em quadras de saibro e estádio coberto, a número 1 do mundo enfrentou a experiente anfitriã Laura Siegmeund, 58ª do ranking e campeã do torneio em 2017, e venceu por 6/0 e 7/5 em 1h24 de partida.

Campeã de Roland Garros em 2019, Barty ficou quase dois anos longe das quadras de saibro. Seu retorno ao piso aconteceu há duas semanas em Charleston, onde ela chegou às quartas. Com a vitória na estreia em Stuttgart ela também já garante um lugar nas quartas de final. Sua próxima adversária virá do jogo entre Karolina Pliskova e Jelena Ostapenko.

"São duas jogadoras que batem muito forte na bola, e que jogam com o saque e primeira bola. Acho que elas jogam amanhã. Vou tentar dar uma olhada na partida e em como elas jogam para tentar deixar o jogo nos meus termos", afirmou a australiana ainda na entrevista em quadra.

O primeiro set foi de amplo domínio para a australiana, que não enfrentou break points e cedeu apenas 10 pontos durante toda a parcial. A número 1 do mundo foi muito eficiente nas devoluções de saque e só permitiu a Siegemund vencer quatro pontos com o próprio serviço, conquistando três quebras. Em 24 minutos, Barty fez 7 a 3 em winners e cometeu 6 erros contra 11 da alemã.

O segundo set foi um pouco mais equilibrado e começou com Siegemund conseguindo uma quebra de serviço para fazer 2/1. Mas a vantagem da alemã caiu por terra já no game seguinte, com um belíssimo lob da australiana, que vinha trabalhando o ponto muito bem com seus slices. Barty mostrava boa movimentação do fundo de quadra e seguia pressionando o saque da anfitriã, chegando a criar outros quatro break points, mas não os aproveitou.

Com o placar empatado por 4/4, a australiana foi ameaçada pela última vez e escapou ao encaixar um ótimo saque e partindo para a definição do ponto logo depois com um winner de forehand. Pouco depois conseguiu uma nova quebra para fechar o jogo. Ela terminou a partida com 19 a 13 em winners e cometeu 18 erros, 10 a menos que a rival.

Kenin não passa da estreia em Stuttgart
A norte-americana Sofia Kenin, número 4 do mundo, não teve a mesma sorte e foi eliminada ainda na rodada de estreia. Ela perdeu para a estoniana Anett Kontaveit, 27ª do ranking e finalista do torneio em 2019, por 7/5 e 6/4. Kontaveit marcou sua segunda vitória no torneio e também já está nas quartas, aguardando por Aryna Sabalenka ou Anna-Lena Friedsam.

"Foi uma partida muito disputada e estou muito feliz por ter vencido. Sinto que no primeiro set eu tive alguns altos e baixos, mas saquei muito bem durante toda a partida e isso é definitivamente o que me ajudou", disse Kontaveit, que marcou sua primeira vitória contra top 10 no ano e a 12ª na carreira. "Mas eu senti que tive muitas chances de conseguir uma quebra no primeiro set e não conseguia converter. Isso foi um pouco frustrante e é algo que eu teria gostado de fazer um pouco melhor hoje".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva