Notícias | Dia a dia
Argentina perde em casa e também cai para o Zonal
17/04/2021 às 18h17

Principal jogadora argentina, Podoroska foi superada por Elena Rybakina neste sábado

Foto: Sergio Llamera

Córdoba (Argentina) - Assim como havia acontecido com o Brasil, a Argentina também perdeu seu confronto de playoffs da Copa Billie Jean King por 3 a 2, em uma definição na partidas. As argentinas jogaram em casa, no saibro de Córdoba, contra o forte time do Cazaquistão que tinha três jogadoras no top 100. Com a derrota, elas também caem para o Zonal Americano I de 2022. Com a mudança no formato da competição, a seletiva continental ofereceu duas vagas nos playoffs deste ano.

Argentina e Cazaquistão iniciaram o sábado empatadas por 1 a 1. O time da casa apostava suas fichas na principal jogadora do país, Nadia Podoroska, semifinalista de Roland Garros e 45ª do ranking. Mas ela perdeu por duplo 6/4 para a cazaque Elena Rybakina, número 23 do mundo.

Putintseva saca por baixo e abandona

A missão de empatar o confronto coube então à jovem de 21 anos Maria Lourdes Carlé, 430ª do ranking e que vinha de uma expressiva vitória sobre Rybakina na última sexta-feira. Carlé enfrentou Yulia Putintseva, número 30 do mundo, e perdeu o primeiro set por 7/6 (7-3), mas venceu a parcial seguinte pelo mesmo placar, 7/6 (7-3). Durante o segundo set, a cazaque começou a sofrer com câimbras e dificuldades para se movimentar, chegando até mesmo a sacar por baixo e abandonou a partida no terceiro set, sem chances de continuar.

A definição ficou para o jogo de duplas, em que as argentinas novamente apostaram em Carlé e Podoroska. Já a capitã cazaque Yaroslava Shvedova, que foi top 30 de simples e número 3 do mundo em duplas com dois títulos de Slam, entrou em quadra. A veterana de 33 anos se juntou a Anna Danilina e venceu por 6/0 e 7/5, levando seu país ao qualificatório mundial de 2022.

Britânicas vencem o México, Holanda fecha com dificuldade
Outro país das Américas que caiu para o Zonal foi o México, superado pela Grã Bretanha pora 3 a 1. As britânicas já tinham 2 a 0 no placar de sexta-feira, mas a equipe mexicana reagiu com a vitória de Marcela Zacarias sobre Heather Watson por 6/3 e 7/6 (7-1). Coube a Katie Boulter fechar o confronto ao derrotar Giuliana Olmos por 6/4 e 6/1.

O confronto entre Holanda e China, disputado em quadra de saibro na cidade de 's-Hertogenbosch ficou mais equilibrado do que o esperado, especialmente depois que a número 11 do mundo Kiki Bertens foi poupada do domingo, com placar empatado por 1 a 1.

As chinesas passaram à frente com a vitória da canhota de 20 anos Xiyu Wang sobre Lesley Kerkhove por 6/3, 5/7 e 6/4. Mas Arantxa Rus foi o destaque da vitória holandesa. Em simples, ela superou a jovem de 19 anos Xinyu Wang por 6/4, 4/3 e desistência. Nas duplas, juntou-se à especialista Demi Schuurs para vencer Yifan Xu e Shuai Zhang por 6/1 e 6/4.

Já a Itália levou a melhor contra a Romênia fora de casa, em quadra dura e coberta na cidade de Cluj-Napoca. As visitantes começaram o dia com 2 a 0, mas as romenas abriram o sábado com a vitória de Elena Gabriela Ruse sobre Jasmine Paolini por 1/6, 6/3 e 6/4. Elisabetta Cocciaretto fechou o confronto ao derrotar a canhota Mihaela Buzarnescu por 7/5 e 7/6 (7-5).

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva