Notícias | Dia a dia
Tauson abandona e Osorio joga 2ª semi seguida
16/04/2021 às 19h58

Maria Camila Osorio acumula oito vitórias seguidas e busca mais uma final no circuito

Foto: Volvo Car Open

Charleston (EUA) - O tão esperado duelo da nova geração entre a dinamarquesa Clara Tauson e a colombiana Maria Camila Osorio pelas quartas de final do WTA 250 de Charleston precisou ser abreviado e durou apenas 58 minutos. Tauson, de 18 anos e que já vinha lidando com uma lesão no joelho esquerdo desde a rodada passada, abandonou a disputa quando perdia por 6/4 e 1/0. Com isso, Osorio chegou à sua oitava vitória consecutiva no circuito, já que foi campeã em Bogotá no último domingo.

"Estou feliz por estar na semifinal, mas não assim. Ela é uma das minhas únicas amigas no cirucito. Mantemos contato às vezes e quando ganhamos partidas e torneios, estamos sempre muito felizes uma pela outra. Isso tornou esta partida difícil para mim", disse Osorio, de 19 anos, que deu um caloroso abraço na adversária depois da partida. As duas jovens jogadoras já conquistaram títulos este ano, uma vez que Tauson foi campeã nas quadras duras e cobertas de Lyon.

"Fiquei tão chocada porque isso nunca aconteceu comigo antes. Ninguém nunca se retirou em uma partida contra mim. Foi muito estranho e eu não sabia o que dizer, mas fiquei muito triste por ter que terminar assim. Eu sei que é difícil se machucar e não poder jogar. Foi difícil vê-la assim, chorando", acrescentou a atual 135ª do ranking, que está fazendo mais 110 pontos e irá se aproximar da 120ª colocação.

O primeiro set da partida, apesar dos problemas físicos da dinamarquesa, teve um bom nível de tênis. O ponto alto foi uma disputa na rede em que Osorio aplicou um lob, Tauson respondeu com um grand-willy, e a colombiana definiu a jogada voleando muito bem.

"Não há muito o que falar sobre esta partida. Mas no geral, acho que estou indo muito bem. Não esperava chegar tão longe nesta semana, mas estou jogando cada vez melhor e com mais confiança a cada partida. Está me ajudando muito e estou orgulhosa do que estou fazendo. Não sei o que vai acontecer amanhã, mas como sempre, farei o meu melhor".

A adversária de Osorio na semifinal deste sábado será a australiana Astra Sharma, jogadora de 25 anos e 165ª do ranking. Sharma eliminou a jovem promessa tcheca Linda Fruhvirtova, de apenas 15 anos e 499ª do ranking, ao marcar as parciais de 6/4 e 6/3 em 1h24 de partida. A australiana ainda persegue seu primeiro título na elite do circuito profissional.

Jabeur e Kovinic farão revanche
Do outro lado da chave, a tunisiana Ons Jabeur segue confirmando sua condição de principal cabeça de chave e também continua em busca do primeiro troféu de WTA da carreira. A jogadora de 26 anos e 27ª mundo precisou de apenas 48 minutos para marcar 6/0 e 6/1 contra a japonesa Nao Hibino.

Sua próxima rival é a montenegrina Danka Kovinic, 65ª colocada e finalista de um WTA 500 também disputado em Charleston na semana passada. Kovinic derrotou nesta sexta a norte-americana Shelby Rogers por 7/5 e 6/1. A tunisiana terá uma oportunidade de revanche, já que perdeu para a montenegrina justamente na semi do último torneio na mesma cidade.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva