Notícias | Dia a dia
Rogers larga bem na 2ª semana de WTA em Charleston
12/04/2021 às 19h50

A norte-americana Shelby Rogers joga praticamente em casa, já que é da Carolina do Sul

Foto: Volvo Car Open

Charleston (EUA) - Depois de ter sediado um WTA 500 na última semana, com o título da russa Veronika Kudermetova, a cidade de Charleston recebe mais um torneio de elite do tênis feminino, desta vez com uma chave um pouco mais modesta, por se tratar de um WTA 250. O primeiro dia de disputas teve como destaque uma tranquila vitória da norte-americana Shelby Rogers, que joga praticamente em casa, por ser natural da Carolina do Sul.

Rogers, de 28 anos e 46ª do ranking, é cabeça 3 no torneio. Depois de ter dado trabalho para a número 1 do mundo Ashleigh Barty na semana passada, Rogers mais uma vez se mostrou bem adaptada às condições do torneio e venceu o duelo norte-americano contra a jovem de 19 anos Catherine Mcnally por 6/0 e 6/1 em apenas 62 minutos. Sua próxima adversária virá do jogo entre a norte-americana Claire Liu e a australiana Storm Sanders.

Em outro duelo norte-americano a cabeça 7 Lauren Davis, 79ª do ranking, levou a melhor contra a ex-top 10 Coco Vandeweghe e marcou as parciais de 7/6 (7-3) e 6/4. Davis pode enfrentar a montenegrina Danka Kovinic (finalista do WTA 500 na última semana) ou a búlgara Viktoriya Tomova. Já Vandeweghe, que atualmente aparece apenas no 228º lugar do ranking após uma série de lesões, ainda não venceu na temporada em quatro torneios disputados.

Destaque também para Clara Tauson. A dinamarquesa de 18 anos e 101ª do ranking se recuperou da eliminação precoce no WTA de Bogotá e venceu a russa Liudmila Samsonova por duplo 6/3. Sua próxima adversária será a australiana Ajla Tomljanovic, que venceu a mexicana Renata Zarazua por duplo 6/1.

Duelo japonês de 3h termina com desistência
Em outro jogo desta segunda-feira, as japonesas Misaki Doi e Nao Hibino protagonizaram uma partida de 3h03. O jogo já estava no tiebreak do terceiro set, empatado por 7/5, 5/7 e 6/6, até que Doi (cabeça 5 do torneio e 78ª colocada) abandonou a quadra com evidente limitação em seus movimentos.

Doi chegou a perder cinco match points quando vencia o último set por 5/3, enquanto Hibino teve duas chances de fechar ainda no segundo set. Nas oitavas, a atual 88ª do ranking enfrenta a vencedora entre as norte-americanas Kristie Ahn e Francesca Di Lorenzo.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva