Notícias | Dia a dia
Kovinic e Kudermetova lutarão por conquista inédita
10/04/2021 às 17h59

Charleston (EUA) - Responsável pela eliminação da número 1 do mundo Ashleigh Barty nas quartas de final, a espanhola Paula Badosa não conseguiu passar pelas semifinais e acabou derrotada no WTA 500 de Charleston pela russa Veronika Kudermetova, que depois de 90 minutos de partida levou a melhor em sets diretos, com duplo 6/3.

Atual 38 do mundo, a russa de 23 anos tentará conquistar seu primeiro título na WTA. Vice-campeã em Abu Dhabi neste ano, Kudermetova terá como adversária na decisão outra jogadora que buscará uma conquista inédita, a montenegrina Danka Kovinic, que na outra semi bateu a tunisiana Ons Jabeur também por 2 a 0, com placar final de 6/3 e 6/2, em 1h18 de jogo.

Kovinic vai para sua terceira final no circuito e não quer repetir os vices de Istambul, em 2016, e de Tianjin, em 2015. Contudo, a montenegrina de 26 anos e atual 91 do mundo terá que bater Kudermetova pela primeira vez. Elas já se enfrentaram uma única vez, com vitória da russa nas outavas de final de Shenzhen em 2019.

Cabeça de chave 12, Jabeur só venceu 50,9% dos pontos com o saque e 38,7% nas devoluções, foi dominada por Kovinic e conseguiu quebrar a rival apenas uma vez em seis oportunidades. Do outro lado, a montenegrina pressionou muito mais o saque da tunisiana, somou nove break-points no decorrer da partida e converteu quatro deles.

O duelo entre Kudermetova e Badosa foi no mesmo ritmo, com a russa terminando com melhor aproveitamento com o saque e também nas devoluções. Ela enfrentou cinco break-points contra e só levou uma quebra. Já a espanhola teve o serviço ameaçado seis vezes e em quatro delas acabou levando a pior.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio