Notícias | Dia a dia
Rankings de duplas têm novos líderes após Miami
05/04/2021 às 14h09

Com o descongelamento do ranking, Hsieh foi beneficiada por quedas de Mertens e Sabalenka

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Com o fim dos torneios de Miami, os rankings de duplas da ATP e WTA têm novos líderes a partir desta segunda-feira. O croata Mate Pavic e a taiwanesa Su-Wei Hsieh assumiram as primeiras posições nas listas masculina e feminina da modalidade.

Campeão de duplas em Miami, Pavic recebeu 1000 pontos pela conquista e chegou a 9.010 no total. Ele está apenas 10 pontos na frente do colombiano Robert Farah. Em terceiro lugar fica o também colombiano Juan Sebastian Cabal, com 8.910 pontos. A parceria sul-americana parou nas oitavas em Miami.

Canhoto de 27 anos, Pavic já havia liderado o ranking de duplas da ATP por oito semanas, entre maio e julho de 2018. Seu atual parceiro, o também croata Nikola Mektic, assumiu o quarto lugar do ranking. Já o brasileiro Bruno Soares, que atuou ao lado de Pavic no ano passado e foi campeão do US Open e finalista de Roland Garros, está na quinta posição.

+ Luisa Stefani atinge melhor ranking e se aproxima do top 20

O Brasil tem outros dois nomes no top 100, o mineiro Marcelo Melo é o 17º do ranking, enquanto o gaúcho Marcelo Demoliner aparece na 46ª colocação.

Queda de Sabalenka beneficia Hsieh

Já no ranking da WTA, que inicia nesta segunda-feira o processo de descongelamento de pontos de 2019, a taiwanesa Su-Wei Hsieh foi beneficiada pelas quedas da então número 1 Aryna Sabalenka e de sua parceira Elise Mertens.

A veterana Hsieh que nem jogou duplas em Miami este ano, mas havia perdido ainda nas oitavas em 2019, sofreu o desconto de apenas 120 pontos. Com isso, a jogadora de 35 anos conseguiu ficar na primeira posição com 9.010 pontos. Hsieh inicia sua 39ª semana como número 1 do mundo, em cinco passagens diferentes pela liderança. A primeira foi em maio de 2014.

Campeãs em Miami em 2019, Mertens e Sabalenka caíram na primeira rodada este ano e perderam 990 pontos, dos 1000 conquistados há dois anos. A bielorrussa caiu para o quarto lugar, enquanto a belga agora é a quinta colocada. Em segundo lugar está a tcheca Barbora Strycova, com 8.945 pontos. Strycova fez uma pausa na carreira porque está grávida, enquanto Sabalenka vai focar em simples. Com isso, Hsieh vai jogar ao lado de Mertens nos próximos meses. Em terceiro lugar do ranking está a húngara Timea Babos.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva