Notícias | Dia a dia
'Iga fez os polacos acreditarem', afirma Hurkacz
04/04/2021 às 20h48

Hurkacz é o único tenista até agora a conquistar dois títulos nesta temporada

Foto: ATP

Miami (EUA) - Trabalho duro e motivação. Assim Hubert Hurkacz define seu salto para o título no Masters 1000 de Miami e ao 16º lugar do ranking, depois de uma campanha notável em que eliminou cinco cabeças de chave, incluindo o amigo pessoal Jannik Sinner na decisão deste domingo.

O sucesso recente de Iga Swiatek, campeã de Roland Garros aos 19 anos, foi decisivo para Hurkacz. "Estou orgulhoso do que ela está fazendo, seu título em Roland Garros foi incrível. Isso deu muita confiança aos demais polacos, nos fez acreditar mais em nós mesmos. Agora vemos que é possível ganhar os grandes títulos. Sou um campeão de Masters 1000 e fico muito mais motivado e confiante em mim mesmo", revelou ele na entrevista oficial.

O tenista de 24 anos, agora com três troféus de nível ATP, festejou sua firmeza durante a final deste domingo, disputada com incômodas rajadas de vento. "Para vencer alguém como Sinner você precisar fazer tudo muito bem. É um tenista incrível, uma pessoa incrível, um grande competidor. Seu futuro é certo, isso tenho certeza. Hoje tentei me manter o mais sólido possível. Ele pode bater na bola com muita força. Então se eu permitisse isso não teria muitas opções. Aguentei o ritmo, lutei por cada bola. Esse era o plano".

Apesar da vitória em dois sets, o polonês passou apuros nos dois sets. "Jannik teve o saque para fechar o primeiro set e isso fez muita diferença, foi um alívio. Ele também teve chance de empatar o segundo set, começou a jogar melhor e eu fiquei nervoso. Ele tomou mais riscos e se aproximou, mas isso me fez elevar meu próprio nível para vencer os pontos essenciais da partida", recordou. Sinner sacou com 6/5 no primeiro set antes de cair no tiebreak e, depois de estar 0/4 atrás no segundo, encostou no placar.

A final foi entre dois bons amigos, que costumam treinar juntos e já disputaram dois torneios de duplas nesta temporada. "Nos conhecemos num challenger na Itália, quando entrei pela primeira vez no top 100, isso há uns três ou quatro anos. Lembro que ele havia perdido no quali, mas continuou treinando e assim batemos bola. Também compartilhamos treinos em Monte Carlo nas últimas temporadas. Além de ser uma pessoa muito agradável, é super profissional, é nítido que quer melhorar a todo custo".

Hurkacz descansa antes de encarar a fase europeia sobre o saibro e garante que quer muito mais da temporada e da carreira. "Esta foi uma das melhores partidas que já joguei, se bem que estive muito sólido em todo o torneio. Percebo que meu tênis está evoluindo. Trabalho duro com meu treinador (Craig Boynton), mas ainda temos muito a fazer. Quero ir passo a passo porque todos os outros também estão se esforçando para melhorar".

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG