Notícias | Dia a dia
Andreescu mira título em Miami e minimiza ranking
02/04/2021 às 11h55

Miami (EUA) - Última finalista definida neste WTA 1000 de Miami, a canadense Bianca Andreescu voltará a competir em uma decisão após 19 meses, algo que não fazia desde a conquista do US Open de 2019. A jovem tenista encarou mais uma batalha na noite de quinta-feira, precisando de três sets para superar a grega Maria Sakkari nas semifinais do torneio.

“Estou muito feliz por esta vitória. Fisicamente me sinto bem, apesar da dureza do jogo, que foi longo, embora os pontos não tenham sido tão longos em comparação com a partida contra Sorribes. Agora eu só penso em descansar e ser capaz de estar pronta para a final no sábado”, afirmou a tenista de apenas 19 anos, ansiosa pelo duelo com a australiana Ashleigh Barty na final.

“Realmente queria poder jogar contra ela. Sei que vai ser uma partida muito difícil, pois ela está jogando tênis de alto nível e com certeza vai querer deixar Miami como campeã. Para mim, ganhar o torneio seria incrível. É um WTA 1000 e todos os torneios dos quais participo quero ganhar”, complementou Andreescu.

Marcada para 14h de sábado (horário de Brasília), a decisão de Miami será a primeira vez que Andreeescu enfrentará a atual campeã do torneio Ashleigh Barty, que tem a liderança do ranking garantida e tenta defender com sucesso esse título.

Questionada sobre quais seus objetivos para a temporada em relação ao ranking, ela garantiu não estar pensando nisso. “O ranking não diz absolutamente nada. Meu principal objetivo é me sentir bem, feliz e poder aproveitar cada jogo. Se eu conseguir vencer o torneio e entrar novamente entre as seis melhores jogadoras do circuito, muito melhor, mas não estou pensando na minha posição”.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG