Notícias | Dia a dia
Ríos analisa e aconselha garoto que não usa backhand
02/04/2021 às 08h56

Santiago (Chile) - Ex-número 1 do mundo, o chileno Marcelo Ríos foi mais um dos que ficou intrigado com o garoto norte-americano Teodor Davidov, de 12 anos, que ficou famoso nesta semana por não jogar com o backhand e usar o forehand dos dois lados, trocando a raquete de mãos antes de executar os golpes.

Ríos usou sua conta no Instagram para analisar e dar conselhos ao garoto. Ele acredita que se Davidov quiser se tornar profissional vai precisar definir um lado dominante em algum momento e passar a usar o backhand. O chileno alega que, jogando assim, o norte-americano de 12 anos abdica de usar slices e ainda terá dificuldades quando for à rede para volear.

“Acho realmente incrível o que essa criança faz, é uma coisa que eu não tinha visto. Porém, essa forma de jogar não é tão boa se você quer se tornar um profissional. No tênis você precisa do slice e para isso você precisa ter um backhand”, opinou o chileno de 45 anos.

“Outro problema e para mim, o mais sério, é como ele vai conseguir fazer um voleio de uma bola que vem muito rápido, já que vai ter que trocar de mãos e não vai ter tempo. Além disso, quando tem que devolver um saque veloz, não terá tempo para conseguir trocar de mãos”, acrescentou Ríos, que apesar das críticas não quer desestimular o garoto.

Ríos inclusive fez questão de incentivá-lo a manter o entusiasmo pelo tênis, deixando apenas seu alerta para a necessidade de ajustes no futuro. “Ele parece muito espetacular, mas se não mudar sua forma de jogar no futuro terá muitos problemas. Ele ainda é jovem e tem tempo. Desejo-lhe o melhor e sorte. Essa é apenas a visão de um humilde tenista", finalizou o chileno.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marcelo Rios Oficial (@marceloriosoficial)


Raqueteira Federer Team X6 Preta e Cinza 2021: R$ 699,90

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva