Notícias | Dia a dia
Em grande noite, Bautista derruba Medvedev de novo
01/04/2021 às 00h47

Miami (EUA) - Com seu consistente jogo de bolas mais retas e uma coleção de lances espetaculares, o espanhol Roberto Bautista barrou pela terceira vez o russo Daniil Medvedev e avançou para inédita semifinal do Masters 1000 de Miami. O número 12 do mundo derrotou o vice-líder do ranking em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

Ele faz agora um duelo de gerações diante do italiano Jannik Sinner, número 31 do mundo aos 19 anos e que chega a uma semifinal de Masters 1000 pela primeira vez em sua promissora carreira. Os dois se cruzaram poucos dias atrás nas oitavas de final de Dubai e Sinner levou a melhor com o duro placar de 6/4, 3/6 e 7/5.

Esta será a quarta presença de Bautista nas semifinais de um torneio de nível Masters. A mais recente foi em Cincinnati do ano passado, disputado em Flushing Meadows, onde curiosamente também derrotou Medvedev nas quartas. Sua única final desse quilate aconteceu em Xangai de 2016.

Com a campanha até aqui, Bautista já recuperou o 11º lugar do ranking, rebaixando o canadense Denis Shapovalov, e poderá até retornar ao top 10 caso conquiste o troféu no domingo, o que o levaria ao nono posto.

Noite de gala
O primeiro set de 50 minutos foi intensamente disputado, com muitas e boas trocas da base. As maiores variações quase sempre vieram com o espanhol, que optou por algumas deixadas e subidas à rede para aproveitar o posicionamento mais recuado do russo. Explorou também as paralelas e com isso teve um break-point desperdiçado no sétimo game antes de dar sorte. Uma bola correu a rede e ficou muito curta e lhe deu a chance de quebra, que aproveitou em seguida.

Irritadíssimo com isso, Medvedev destruiu a raquete, primeiro no chão e depois contra o banco. Mas ainda lutou bastante e teve chance do empate, mas mandou uma devolução de segundo saque no meio da rede. Bautista continuou muito sólido na base e concluiu o set.

Medvedev pareceu perder o foco e isso lhe custou nova quebra logo no game inicial do segundo set, o que complicou de vez a situação. Muito focado, o espanhol manteve a quebra com direito a um game excepcional para fazer 3/1, quando permitiu 15-40 e conseguiu reagir com uma sucessão de ótimos lances. Para completar sua noite tão inspirada, trabalhou notavelmente nos contragolpes para obter nova quebra, saltar para 4/1 e completou a partida após 1h32.

A estatística mostrou menos winners para o espanhol (12 a 22) porém também muito menos erros (15 a 29) e um desempenho notável nos voleios, vencendo 12 dos 16 lances que tentou.

Desde que venceu o Masters de Paris em novembro, Medvedev só perdeu três partidas nas 30 disputadas. Ele se manterá no segundo lugar do ranking, com quase 400 pontos de vantagem sobre o espanhol Rafael Nadal. Como o russo era o único dos quadrifinalistas com título de Masters na carreira, um novo campeão surgirá no fim de semana.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG