Notícias | Dia a dia
Tsitsipas soma sua 150ª vitória, Rublev vence bem
30/03/2021 às 23h48

Cabeça 2 em Miami, Tsitsipas ainda está atrás de seu primeiro título de nível Masters 1000

Foto: ATP

Miami (EUA) - O grego Stefanos Tsitsipas comemorou a 150ª vitória de sua curta carreira na noite desta terça-feira para marcar também sua primeira presença nas quartas de final do Masters 1000 de Miami. O número 5 do ranking, de 22 anos, manteve o esperado favoritismo sobre o italiano Lorenzo Sonego porém precisou de esforço no segundo set, anotando parciais de 6/2 e 7/6 (7-2). Seu adversário será o polonês Hubert Hurkacz, 37º colocado, que mais cedo virou em grande estilo em cima do canadense Milos Raonic, por 4/6, 6/3 e 7/6 (7-4).

No mesmo lado da chave, o russo Andrey Rublev chegou a perder a paciência em alguns momentos diante de seus erros, mas dominou o saque do croata Marin Cilic e, com uma quebra em cada set, anotou 6/4 e 6/4. Agora, terá pela frente a sensação da semana, o norte-americano Sebastian Korda, de 20 anos, que já venceu três top 30.

Tsitsipas está pela sétima vez nas quartas de um Masters 1000 e foi amplamente superior ao Sonego no primeiro set, em duelo então inédito, o mesmo italiano que surpreendeu Novak Djokovic em Viena há poucos meses. Sonego exigiu bem mais no segundo set, optando pelo risco e por deixadinhas bem realizadas, mas escolheu mal os golpes no tiebreak.



O grego tem larga vantagem no histórico diante de Hurkacz, em que lidera por 6 a 1, todos em quadra dura, mas é importante observar que cinco desses jogos foram ao terceiro set. O grego venceu as três últimas, incluindo a de poucas semanas em Roterdã.

Aos 24 anos, Hurkacz repete as quartas de final que obteve em Indian Wells de 2019. Curiosamente, ele eliminou o segundo adversário canadense em Miami, já que também havia tirado Denis Shapovalov. No jogo apertado contra Raonic, o polonês liderou em aces (14 a 12) e fechou a bela exibição com 81% de pontos vencidos com o primeiro saque. Raonic evitou 10 de 11 break-points que encarou, mas jogou um tiebreak decisivo muito ruim, permitindo 6-1 de vantagem. Salvou então três match-points antes de Hurkacz caprichar no saque e fechar a batatalha de 2h21.

Rublev mantém sequência
Agora com 19 triunfos em 22 jogos, Rublev continua o tenista que mais venceu jogos na temporada. É bem verdade que mostrou irritação excessiva diante de alguns erros bobos, mas jamais correu algum risco diante de Cilic, que apostou sempre no saque para tentar balançar o jovem adversário. Mas Rublev perdeu apenas seis pontos com o primeiro serviço e não permitiu um único break-point nos 82 minutos. Foi sua terceira vitória seguida sobre o croata, todas na quadra dura, em quatro confrontos.

Aos 23 anos e número 8 do mundo, Rublev terá confronto inédito diante de Korda e buscará a segunda semifinal de nível Masters da carreira. A primeira veio em Cincinnati de 2019, em que surpreendeu Roger Federer numa atuação espetacular antes de ser batido pelo compatriota Daniil Medvedev.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva