Notícias | Dia a dia
Kenin e Andreescu mostram poder de reação
26/03/2021 às 22h40

Andreescu salvou dois set points em sua partida de estreia em Miami

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Duas campeãs de Grand Slam mostraram poder de reação em suas partidas de estreia no WTA 1000 de Miami. A canadense Bianca Andreescu precisou salvar dois set points nesta sexta-feira, enquanto a norte-americana Sofia Kenin começou atrás no placar, mas buscou a virada.

Primeira a entrar em quadra, Andreescu superou a tcheca Tereza Martincova (105ª do ranking) por 7/6 (7-5) e 6/2. A jovem canadense de 20 anos e número 9 do mundo terminou a partida com 30 winners e também 30 erros não-forçados, enquanto a rival anotou apenas 11 bolas vencedoras e cometeu 15 erros. Campeã do US Open de 2019, Andreescu ficou mais de um ano sem jogar, devido a uma lesão no joelho, e voltou ao circuito no início deste ano na Austrália.

O início de partida foi difícil para Andreescu, que ainda sente um pouco a falta de ritmo. Apesar da nítida diferença na potência dos golpes, a canadense cometia erros mesmo quando dominava os pontos. Martincova esteve duas vezes com quebra acima no primeiro set e chegou a liderar por 5/3, mas Andreescu salvou dois set points, um deles com winner de devolução, e também buscou outra virada no tiebreak, que perdia por 4-2.

O segundo set começou com games longos, mas com a canadense prevalecendo nos pontos mais importantes. Depois de ter cometido 21 erros no set inicial, Andreescu foi mais consistente do fundo de quadra na parcial seguinte, dando apenas nove pontos de graça, e conseguiu duas quebras para abrir 5/0. Martincova até diminuiu a vantagem para 5/2, mas voltou a perder o saque. A próxima rival de Andreescu é a jovem norte-americana de 19 anos Amanda Anisimova, 32ª do ranking, que venceu a compatriota Sloane Stephens por duplo 6/3.

Kenin de volta após cirurgia no apêndice
Já Sofia Kenin marcou seu retorno às quadras depois de ter feito uma cirurgia de emergência na Austrália para a retirada do apêndice. A número 4 do mundo virou o jogo contra a experiente alemã Andrea Petkovic, ex-top 10 e atual 107ª colocada aos 33 anos, com parciais de 6/7 (6-8), 6/1 e 6/3. Mais agressiva em quadra, Kenin disparou 44 winners contra 22 de Petkovic, e cometeu 26 erros, dois a menos que a rival.

O jogo poderia ter sido até mais tranquilo para a norte-americana. Ela esteve perto de fechar o primeiro set, quando liderava por 5/4 e também no tiebreak, mas não chegou a sacar para fechar e também não teve set point. Naquela equilibrada parcial, ela já tinha 21 a 13 em winners e cada jogadora havia cometido 11 erros. No segundo set, Kenin não enfrentou break points e quebrou três vezes. Já no terceiro, a norte-americana conseguiu duas novas quebras. Sua próxima adversária é a tunisiana Ons Jabeur, que venceu a espanhola Paula Badosa por 7/6 (8-6), 5/7 e 7/5.

Brady não passa da estreia em Miami
A surpresa da rodada foi a eliminação de Jennifer Brady, finalista do Australian Open e número 14 do mundo. A norte-americana perdeu de virada para a espanhola Sara Sorribes, 58ª colocada e campeã do WTA de Guadalajara há duas semanas, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1. Sorribes agora enfrenta a cazaque Elena Rybakina, que venceu a estoniana Kaia Kanepi por 6/4 e 6/0. Ainda nesta sexta-feira, a belga Elise Mertens, 17ª do ranking, fez 6/4 e 6/1 contra a britânica Katie Boulter e garantiu o duelo contra a estoniana Annet Kontaveit.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva