Notícias | Dia a dia
Após a vitória 400, Halep vence na dupla com Kerber
26/03/2021 às 21h52

Halep está preocupada com a dor constante no ombro direito, que voltou a incomodar em Miami

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Um dia depois de estrear com vitória no WTA 1000 de Miami e de marcar a vitória de número 400 de sua carreira na elite do circuito, Simona Halep conseguiu mais um grande resultado nesta sexta-feira. Ela se juntou a Angelique Kerber e estreou na chave de duplas vencendo a belga Elise Mertens e a bielorussa Aryna Sabalenka, líderes do ranking e atuais campeãs do Australian Open, por duplo 7/5. Elas agora enfrentam a ucraniana Lyudmyla Kichenok e a letã Jelena Ostapenko.

Halep, de 29 anos e número 3 do mundo, destacou a grande virada contra a francesa Caroline Garcia na última quinta-feira. "É impressionante ter vencido tantos jogos em chaves principais de WTA. Estou muito feliz em ouvir isso", disse sobre a vitória por 3/6, 6/4 e 6/0".

"Tenho muitos anos no top 10 também. Então, quando enfrento alguns momentos difíceis durante as partidas, eu sei o que fazer. É por isso que já tenho 400 vitórias", acrescenta a romena, que já está há mais de sete anos seguidos entre as dez primeiras colocadas no ranking mundial.

Dores no ombro preocupam a romena
Uma preocupação para Halep, entretanto, é a dor no ombro direito. Ela conta que começou a sentir o incômodo durante o Australian Open e diz que o problema voltou agora em Miami. Garantida na terceira rodada de simples, a romena encara a letã Anastasija Sevastova neste sábado.

"Tive alguns problemas com meu saque. Estou sentindo um pouco de dor no ombro também. Quando cheguei aqui, não tinha dor, estava muito bem. Mas então eu fiz alguns sets de treino muito duros contra as outras jogadoras e comecei a sentir de novo. Agora está piorando um pouco. Mas eu só sinto durante o saque, então estou tentando fazer a melhor recuperação possível para sacar melhor. Vamos ver como vai ser nos próximos dias".

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio