Notícias | Dia a dia
Wild não saca bem e para na estreia em Miami
25/03/2021 às 20h52

Miami (EUA) - Depois de furar o qualificatório e entrar na chave principal do Masters 1000 de Miami, o paranaense Thiago Wild não manteve o embalo na chave principal. Mesmo diante de um rival acessível, o colombiano Daniel Galan, atual 113 do mundo, o brasileiro não conseguiu jogar o seu melhor, pecou na consistência e no dia ruim com o saque e foi superado com parciais de 6/3 e 6/4.

Wild não machucou muito o colombiano com o saque, colocou apenas 49% das primeiras bolas em quadra e fechou o jogo com aproveitamento de 58% nos games de serviço contra 66% de Galan, que com a vitória irá desafiar na segunda rodada o australiano Alex de Minaur, cabeça de chave numero 15.

No duelo de dois estreantes em Masters 1000, o colombiano se aproveitou de um começo lento de Wild para conseguir uma quebra logo de cara e assim abrir 3/0. O paranaense teve duas chances de devolver o break, a primeira delas no sétimo game e depois mais uma no nono, quando Galan sacava para fechar o set, não aproveitou uma sequer e acabou perdendo a parcial inicial.

Apostando mais na consistência contra a agressividade do rival, Galan largou bem também no segundo set, quebrou o saque do brasileiro no primeiro game e na sequência abriu 2/0. Wild lutou para tentar devolver a quebra, deixou escapar duas chances no quarto game, mas no sexto enfim conseguiu seu primeiro break na partida e deixou tudo igual em 3/3.

O clima muito quente e úmido de Miami atrapalhou o jovem paranaense no game seguinte à quebra. Suando muito, Wild se sentiu incomodado com a roupa muito molhada, ele se desconcentrou um pouco e o vacilo foi fatal. O colombiano teve dois break-points no decorrer do game, concretizou o segundo e novamente se encontrou em vantagem no placar.

Wild foi ao banheiro na sequência para trocar o uniforme, mas o estrago já estava feito. Galan confirmou o serviço, fez 5/3 e jogou a responsabilidade para o brasileiro manter o serviço e assim ter sobrevida no jogo. Após ver o oponente fazer sua parte com o saque, o colombiano foi aos serviços para fechar o jogo e não abriu brechas, confirmou e selou a vitória.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG