Notícias | Dia a dia
Prêmio e 'bolha' desmotivam tenistas, diz Shapovalov
20/03/2021 às 09h50

Dubai (Emirados Árabes) - A baixa premiação dos torneios e o receio de ter que cumprir isolamento nos locais dos torneios estão desestimulando os tenistas a competir. Quem afirma isso é o canadense Denis Shapovalov, em entrevista dada à rede Eurosport.

"Para os tenistas de ponta, não tem sido motivador disputar torneios de nível 500 ou mesmo Masters", revela o canadense, que foi até a semifinal de Dubai e está inscrito para Miami na próxima semana. "Eles já ganharam quase tudo, então não há muita razão para viajar e jogar", referindo-se às desistências de Novak Djokovic, Rafael Nadal, Dominic Thiem e Roger Federer.

Shapovalov acredita que muitos torneios ficarão esvaziados neste período em que a pandemia ainda obriga os tenistas a ficar em bolhas, sem poder se locomover fora dos hotéis e dos clubes de jogos. "Haverá muita desistência nas próximas semanas. Além de tudo, a premiação caiu muito e não ficou atraente para se jogar toda semana".

Segundo ele, os Grand Slam se tornaram os torneios mais atrativos para os tenistas de ponta. "Espero que a ATP faça algo para melhorar a premiação e tentar voltar o circuito ao que era antes. Os tenistas têm suas obrigações com os patrocinadores, precisam cumprir os contratos que nos obrigam a jogar e esse no momento é o real motivo para os jogadores estarem em quadra. A maioria preferiria não estar em quadra".

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG