Notícias | Dia a dia
'Meu objetivo é voltar ao top 10', garante Nishikori
17/03/2021 às 19h39

Nishikori já venceu três jogos nesta semana pelo ATP 500 de Dubai

Foto: DDF Tennis/Site Oficial

Dubai (Emirados Árabes) - Com bons resultados nas últimas semanas e mudanças em seu estilo de jogar, Kei Nishikori garante que ainda pode ser competitivo na busca por títulos importantes. O japonês de 31 anos e ex-número 4 do mundo aparece atualmente na 41ª posição do ranking, mas ainda sonha voltar ao top 10.

"Tenho jogado bem nas últimas duas semanas. Minha meta é retornar ao top 10, e talvez até ao top 5, eu espero. Acho que ainda vai demorar um pouco, porque todos estão jogando bem", disse Nishikori, que está nas quartas de final do ATP 500 de Dubai.

"Tenho que jogar mais vezes contra os top 50, mas já tenho gostado desse desafio", acrescentou o japonês que já venceu Reilly Opelka, David Goffin e Aljaz Bedene nesta semana em Dubai. Recentemente, ele também alcançou as quartas no ATP 500 de Roterdã.

Nishikori chegou a ficar mais de um ano sem jogar por conta de lesão e cirurgia no cotovelo direito. Disposto a recuperar sua competitividade no alto nível do circuito, ele decidiu fazer mudanças em seu movimento de saque. O japonês entende que a nova mecânica no serviço também alivia a pressão sobre o ombro, outro problema para um jogador que já sofreu com tantas lesões.

"Se eu quiser voltar ao meu nível de antes, tenho que ser forte. A maneira como penso agora é que esta é minha segunda carreira. Fiz uma cirurgia no cotovelo há dois anos e tive uma lesão no ombro no ano passado e não pude jogar por três ou quatro meses. Foram muitas lesões", explicou o japonês, que enfrenta nesta quinta-feira o sul-africano Lloyd Harris em busca de um lugar na semifinal.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG