Notícias | Dia a dia
Em noite irregular, Wild perde no quali de Acapulco
14/03/2021 às 22h33

Acapulco (México) - A mescla de winners incríveis e erros não forçados ajudou pouco o paranaense Thiago Wild e assim o número 2 do Brasil parou ainda na segunda rodada do qualificatório para o ATP 500 de Acapulco, ao ser eliminado pelo jovem norte-americano Brandon Nakahsima, parciais de 6/3 e 6/3.

Número 124 do ranking nesta semana, Wild ainda procura um momento de recuperação. Ele não tem feito campanhas de destaque desde que o circuito voltou da pandemia, em agosto. Soma apenas quatro vitórias nesta temporada, sendo três em nível challenger e uma no qualificatório do ATP de Buenos Aires.

No saibro sul-americano, fez quartas em Concepcion, mas caiu na estreia de Córdoba e preferiu não tentar defender seu título em Santiago. Optou então por tentar o qualificatório de Acapulco no piso sintético e venceu uma primeira rodada muito exigente no sábado contra o sérvio Danilo Petrovic, número 159º do ranking.

Atuação muito irregular
Na partida deste domingo, Wild voltou a viver intensos altos e baixos. Cedeu quebra logo de início, mas reagiu imediatamente. Os sacadores então se impuseram, porém o brasileiro voltou a fazer game de saque muito ruim com 3/4, o que lhe custaria em seguida o set.

Alternando ótimos golpes na paralela mas também erros na rede, Wild salvou break-points nos dois serviços do segundo set e aí teve uma ótima chance de reagir na partida. Mas Nakashima sacou bem na hora do aperto.

O brasileiro chegou a fazer um lance espetacular, ao aplicar um lob de 'grand-willy', mas o sacrifício para manter os serviços prosseguiu com mais dois break-points evitados no quinto game. Por fim, veio outro momento muito ruim com o saque a favor, o que determinou a quebra e em seguida a derrota.

Nakashima, 145º do mundo aos 19 anos, decidirá vaga na chave contra o italiano Federico Gaio, que se favoreceu do abandono do veterano Nicolas Mahut no segundo set.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva