Notícias | Dia a dia
Medvedev festeja número 2 com seu 10º título
14/03/2021 às 12h21

Marselha (França) - Poucas horas antes de aparecer pela primeira vez na carreira como o vice-líder do ranking mundial, o russo Daniil Medvedev conquistou neste domingo o 10º troféu de sua carreira. Ele superou com grande dificuldade o francês Pierre-Hughes Herbert no sintético coberto de Marselha, com trabalhosos 6/4, 6/7 (4-7) e 6/4.

Com uma sequência notável de vitórias, que vem desde os títulos de Paris e Londres do ano passado, Medvedev irá se tornar o primeiro tenista fora do chamado Big 4 a atingir o número 2 do mundo nesta segunda-feira, algo que não acontecia desde julho de 2005. Ele abrirá 202 pontos sobre o espanhol Rafael Nadal.

Esta foi a 17ª final de primeira linha de Medvedev e seu 10º troféu, já que a ATP não contabiliza a conquista coletiva da ATP Cup no currículo oficial. Curiosamente, todos os títulos do russo vieram sobre piso sintético e seis deles em quadra fechada. Além de Paris e do Finals do ano passado, ele havia vencido nos indoors de Sofia e São Petersburgo (2019) e Tóquio (2018).

Herbert por seu lado perdeu a quarta oportunidade de ganhar enfim seu primeiro ATP de simples. Ele foi vice também em Winston-Salem (2015), Shenzhen (2018) e Montepellier (2019). Aos 29 anos e atual 93º do ranking, o francês chegou a dedicar a carreira basicamente às duplas, tendo atingido o número 2 do ranking. Ao lado de Nicolas Mahut, ganhou cada um dos Grand Slam uma vez e também o Finals, entre 2015 e 2019.

Final bem disputada
Os dois jogadores tentaram tirar o máximo da velocidade do piso, forçando sempre o primeiro saque ao longo de toda a partida. O russo precisou afiar devoluções e passadas diante de Herbert, um dos poucos jogadores da atualidade que ainda prefere saque-voleio.

Medvedev quebrou primeiro, no quinto game, mas imediatamente Herbert reagiu. No entanto, o francês voltou a perder o serviço num momento muito irregular e isso abriu caminho para o russo fechar o primeiro set. Apesar de ter sofrido sua primeira quebra em toda a semana, o russo cravou 85% do primeiro saque e ganhou 77% desses pontos.

O francês escapou de perder outro game de serviço logo na abertura do segundo set e pouco a pouco elevou o seu nível na base, com mais paciência para o ataque. Teve chances de quebra no quarto e sexto games, mas o russo sempre achou um serviço salvador. O equilíbrio persistiu até o tiebreak, que viu intensos altos e baixos. Herbert fez 2-1 com saque. Medvedev virou para 4-2 mas falhou e aí o francês, até mesmo se segurando no fundo de quadra, ganhou cinco pontos seguidos.

Herbert se manteve mentalmente firme em quase todo o terceiro set, sempre forçando o saque mas também tendo paciência para trocar bolas. Ninguém deu oportunidades ao adversário até que o francês sentiu a pressão de sacar com 5/4, falhou em dois voleios importantes e Medvedev pôde comemorar outra vez.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva